Sábado, 27 de Maio de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< BRASIL JBS afirma pagamento de R$ 60 mi em propina a Aécio em 2014

Publicada em 19/05/2017 às 15:24
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Fotos Públicas)
O senador Aécio Neves (PSDB) teria recebido, em 2014, R$ 60 milhões em propina de executivos da JBS, conforme disseram ao Ministério Público. Segundo a delação premiada, em troca da quantia desembolsada, o tucano usou o mandato para beneficiar diretamente interesses do grupo. 
 
Aécio também teria ajudado na liberação de créditos de R$ 12,6 milhões de ICMS da JBS Couros e dos créditos de R$ 11,5 milhões de ICMS da empresa Da Grança, adquirida pela JBS na compra da Seara. A colaboração dos funcionários do frigorífico foi homologada pelo ministro Edson Fachin, relator da “Lava-Jato” no Supremo Tribunal Federal. Ainda conforme os relatos aos procuradores, a empresa emitiu notas frias a diversas empresas indicadas pelo senador.
 
Na quinta-feira (18), o senador licenciou-se da presidência do PSDB para provar inocência. “Em razão das ações promovidas no dia de hoje contra mim e minha família, quero afirmar que, a partir de agora, minha única prioridade será preparar minha defesa e provar o absurdo dessas acusações e o equivoco dessas medidas”, disse Aécio em nota. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar