Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Paço delibera contratação de plano de saúde para funcionários da Santa Casa Gestão do hospital está sob requisição da Prefeitura desde o dia 24 de abril

Publicada em 05/05/2017 às 17:52
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Secom)
A contratação de plano de saúde a todos os mais de 700 funcionários da Santa Casa de Misericórdia e seus dependentes foi deliberada pela prefeita em exercício, Jaqueline Coutinho, nesta sexta-feira (5). O assunto foi discutido durante reunião na ala administrativa do hospital, onde também estiveram presentes o gestor-geral do hospital e o secretário da Saúde, Rodrigo Moreno. A gestão da Santa Casa está sob requisição da Prefeitura desde o dia 24 de abril. 
 
A prefeita também percorreu as dependências da unidade, verificando melhorias, recebendo informações dos gestores e também auxiliando com sugestões e soluções para as demandas identificadas. “Estou muito satisfeita com o que eu vi nesta visita. Notamos mudanças e melhorias já acontecendo”, salientou. Segundo Jaqueline, que no ano passado havia acompanhado familiares em internações no hospital, uma das coisas que lhe chamou a atenção foi a motivação dos funcionários que estão tendo seus direitos garantidos. 
 
Para Jaqueline, foi uma surpresa encontrar na estrutura do hospital tantos espaços desativados e que poderiam estar sendo utilizados para atendimentos. Além de leitos, ela se referiu, por exemplo, ao setor de hemodinâmica, que poderia fazer procedimentos de alta complexidade em cardiologia. O setor nunca funcionou pelo Sistema Único de Saúde por falta de habilitação e também parou de funcionar para pacientes de planos de saúde há cerca de três anos. 
 
O secretário da Saúde, Rodrigo Moreno, informou que a comissão gestora que atua durante a requisição já está trabalhando para colocar em funcionamento setores que estão ociosos e, determinada a obter o credenciamento do serviço de hemodinâmica junto ao Ministério da Saúde. Os trâmites são complexos, mas a expectativa é garantir que o serviço funcione o quanto mais breve for possível.
 
Nesta semana começaram a chegar à Santa Casa produtos adquiridos já nos primeiros dias de requisição, como alimentos. Também foram entregues itens de higiene. Conforme o secretário da Saúde, já foram abastecidos itens mais específicos e  básicos de higiene, cujo estoque estava esgotado ou prestes a terminar. Com esta disponibilidade de produtos já foi determinada uma intensa higienização do hospital, medida que será realizada dentro de todas as recomendações técnicas e que visa também à redução dos riscos de infecção hospitalar.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar