Sábado, 6 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< SOROCABA ‘Greve geral vai prejudicar todo o setor produtivo’, diz Associação Comercial de Sorocaba Já movimentos envolvidos na mobilização pedem que população não saia de casa

Publicada em 27/04/2017 às 16:23
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Arquivo/Fernando Rezende)

A greve geral programada para esta sexta-feira (28) é uma ação que vai prejudicar todo o setor produtivo e, principalmente, o comércio, neste momento em que a economia começa a dar sinais de gradativa recuperação. Essa é a opinião do presidente da Associação Comercial de Sorocaba, José Alberto Cépil, em comum acordo com o presidente da Associação Comercial de São Paulo e da Federal das Associações Comerciais do Estado de São Paulo, Alencar Burti. Enquanto isso, centrais sindicais mobilizam-se para amanhã. 

"Esperamos que sejam garantidas as condições para as pessoas que querem trabalhar, estudar e cumprir seus compromissos. Vamos confiar que as manifestações ocorram de maneira pacífica e respeitosa, sem gerar prejuízos para terceiros", comenta Cépil.
 
O presidente destaca, ainda, a necessidade de se ampliar os debates e ter uma visão das responsabilidades, pensando em relação ao momento econômico e em benefício da população. "Não podemos parar o País a qualquer momento. A economia precisa continuar girando e, para isso, precisamos recuperar o tempo perdido e trabalhar mais", completou.
 
Já no portal do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, o convite à população é de que as pessoas não saiam de casa para trabalhar, ir à escola ou fazer compras. “O sentido da recomendação é que o silêncio nas ruas, nas fábricas, no comércio e nas escolas demonstre claramente a insatisfação popular com as medidas do governo federal; medidas essas que pretendem acabar com os direitos sociais, trabalhistas e previdenciários dos brasileiros.” 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar