Sábado, 19 de Agosto de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ECONOMIA Energia economizada com horário de verão poderia atender a quase sete mil clientes Relógios devem ser atrasados em uma hora neste domingo (19)

Publicada em 16/02/2017 às 11:41
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Fernando Rezende)
Uma redução da ordem de 0,34% no consumo de energia elétrica foi registrada pela CPFL Piratininga durante os 126 dias de duração do horário de verão, o equivalente ao abastecimento anual de 6.944 clientes residenciais de consumo médio de 200 kWh.
 
A economia alcançou 16.666 MWh, volume suficiente para atender a uma cidade do porte de Sorocaba ou Santos por três dias. A explicação está no melhor aproveitamento da luz natural, de acordo com Thiago Freire Guth, diretor de Distribuição de Energia do Grupo CPFL.
 
“No período de horário de verão, as cargas das residências e de iluminação pública passam a operar após as 19 horas, quando o consumo industrial começa a cair”, explica Guth. Com o deslocamento do horário oficial em uma hora, além da economia, afastam-se os riscos de sobrecarga no sistema elétrico no horário de pico, das 18 às 21 horas.
 
HISTÓRICO – A edição 2016/2017 do horário de verão teve início em 16 de outubro. O principal objetivo é a redução da demanda máxima do Sistema Interligado Nacional no período de ponta, segundo o Ministério de Minas e Energia.
 
A medida foi adotada pela primeira vez no Brasil em 1931, mas de forma consecutiva, ocorre há 28 anos. Os Estados que adotam a medida são Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.
 
O decreto de número 6.558, assinado em 8 de dezembro de 2008 pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estabelece padrões para as futuras horas de verão em parte do território nacional.
 
DICAS – A CPFL Piratininga incentiva seus clientes a continuar praticando o consumo inteligente de energia mesmo após o fim do horário de verão.
 
Algumas dicas conscientes são colocar o chuveiro na posição “verão” em dias quentes; nunca reaproveitar uma resistência queimada; não utilizar a parte traseira da geladeira para secagem; não colocar alimentos quentes na geladeira; não usar benjamins; apagar a luz ao deixar um ambiente; acumular roupas para lavar e passar; limpar o filtro da máquina de lavar com frequência; preferir lâmpadas com tecnologia LED; manter ambientes arejados; buscar aparelhos de ar-condicionado com selo A, mas evitar usá-los; e manter os filtros de ar limpos.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar