Sábado, 21 de Outubro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ECONOMIA Dúvidas para saque do FGTS levam trabalhadores a agências da Caixa Abril será o mês com maior volume de retiradas

Publicada em 16/02/2017 às 11:38
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Fernando Rezende)
Com o anúncio do calendário de saque de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), muitos sorocabanos compareceram às agências da Caixa Econômica Federal da cidade, nesta quarta-feira (15), para descobrir se tinham direito ao recebimento de algum valor e para esclarecer dúvidas.
 
“Não consegui nada”, lamenta Antônio Brito dos Santos, 47 anos. O motorista aproveitou o horário de almoço para passar na Caixa da Avenida General Osório, mas se deparou com a queda do sistema na agência. “Não consigo acesso pelo site, e eles pediram um monte de senha que eu não sei”, conta. “Agora não sei o que vai ser.”
 
Enquanto a agência da General Osório não apresentava muito movimento, a do Centro não parava de receber trabalhadores ansiosos para verificar o saldo. “Tenho o aplicativo e venho acompanhando há alguns dias”, relata Dilene de Lima Oliveira, 30 anos, oficial de cozinha.
 
Com o casamento marcado para o fim deste mês, Dilene espera conseguir sacar o dinheiro para pagar as primeiras parcelas do aluguel de uma casa e bancar uma viagem de lua de mel. “É pouco, mas com Deus vira muito.”
 
Nem todos buscaram informações antes de ir ao banco. A babá Tamires Rugolo, 25 anos, foi atrás das primeiras informações no local. “Falaram para eu vir aqui e trazer a carteira de trabalho”, explica. Tamires acredita ter algum valor para receber e pretende usá-lo para quitar dívidas.
 
Ao ver a quantidade de pessoas na agência, Lucrécia Fátima Figueiredo, 51 anos, desanimou. A dona de casa obteve um número de telefone para tirar dúvidas,   mas preferiu o atendimento presencial. “Mas tem muita gente”, observa. Lucrécia torce para conseguir o saque. “Com certeza, o dinheiro vai me ajudar.”
 
Cerca de 30,2 milhões de trabalhadores terão direito ao saque, o que estimulará a economia com uma injeção de R$ 30 bilhões.
 
A autorização para o saque de todas as contas inativas do FGTS faz parte de uma série de medidas do governo federal anunciadas em dezembro com o objetivo de estimular a economia. Contas inativas do FGTS são aquelas que não recebem mais depósito do empregador, porque o trabalhador foi demitido ou saiu do emprego.
 
Podem ser feitos apenas saques de contas que foram desativadas até 31 de dezembro de 2015. Os canais de consulta são o site da Caixa e o telefone 0800 726 2017.
 
CALENDÁRIO – Os saques começam a ser feitos em 10 de março para os trabalhadores que nasceram em janeiro e fevereiro; para quem nasceu entre março e maio, a data é 10 de abril; os nascidos entre junho e agosto, sacam em 12 de maio; o dia 16 de junho é para quem nasceu nos meses de setembro a novembro; e aos nascidos em dezembro, o saque começa em 14 de julho.
 
Com isso, a Caixa Econômica Federal revela que abril terá o maior volume de saques. Do total de retiradas, 26% serão feitas por quem nasceu entre março e maio.
 
Os meses de maio e junho contam com 25% das retiradas cada um. Em março, espera-se um volume de 16% e junho, 8%.
 
Entre esta quarta (15) e sexta-feiras (17), as agências da Caixa abrem duas horas mais cedo para atender aos trabalhadores que ainda precisam de informações. Estes sábados terão horário de atendimento das 9 às 15 horas: 18 de fevereiro, 11 de março, 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar