Quinta-Feira, 27 de Julho de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< POLÍCIA Operação interdita três estabelecimentos suspeitos de exploração sexual Locais interditados ficam no Centro; em um deles estavam crianças em condições degradantes, segundo PM

Publicada em 11/02/2017 às 14:14
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Secom)
Uma operação de averiguação a locais suspeitos de exploração sexual fechou três estabelecimentos no Centro na noite de sexta-feira (10). A força-tarefa foi deflagrada com agentes da Prefeitura em apoio à Polícia Militar (PM). Em uma das casas, havia um bebê de alguns dias, ainda sem certidão de nascimento, e uma criança de 4 anos de idade, cuja situação foi encaminhada ao Conselho Tutelar. 
 
Em todos os estabelecimentos havia várias mulheres, porém não houve flagrante de exploração sexual. Os locais foram interditados pelo setor de Fiscalização da Prefeitura por falta de alvarás de funcionamento. Além do setor de fiscalização, do Conselho Tutelar e PM, a ação contou com a Guarda Civil Municipal (GCM) e faz parte do intenso trabalho que a Prefeitura realiza frequentemente.
 
Os estabelecimentos lacrados pela fiscalização estão situados na ruas Afonso Pena e Nogueira Martins. Foram duas pousadas e uma casa de shows. O bebê e a criança estavam no interior de uma das pousadas. Eram duas meninas, cujas mães são irmãs, que estavam em companhia da mãe delas, a avó das crianças. Com a mãe da menina de 4 anos, a PM localizou dois cigarros de substância semelhante à maconha e a indiciou pela irregularidade. De acordo com o comandante do 3ª Companhia da PM que liderou a operação, capitão Rodrigo Pezato, as crianças estavam em condições degradantes. Nenhuma outra ilegalidade foi encontrada nos estabelecimentos averiguados.
 
Os responsáveis pelo setor de Fiscalização da Prefeitura, o diretor de área Ciro Sacker Júnior e o chefe de divisão de Posturas Mobiliárias e Imobiliárias, Márcio Roberto Schonfelder, disseram que essa foi só mais uma das muitas ações previstas e que, conforme diretriz da nova administração municipal, atuarão fortemente contra as irregularidades e ilegalidades no município.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar