Sexta-Feira, 28 de Abril de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< ESPORTE Magnus terá cinco feras ex-Timão reforçando a equipe na temporada

Publicada em 26/01/2017 às 07:20
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Leandro Lino é um dos cinco reforços que vieram do Corinthians
Com vários reforços ex-Corinthians, campeão paulista e da Liga Nacional de 2016, o time do Magnus Futsal Sorocaba vem forte para a temporada de 2017. Já treinam no clube sorocabano, o pivô Rocha, Leandro Lino, os alas Arthur e Marcel e o fixo Edgard. O campeão mundial interclubes definiu seu planejamento.
 
“Iniciamos o planejamento da próxima temporada na virada do semestre, isso nos dá segurança para ir ao mercado, negociar com antecedência e desenvolver um plano de carreira tanto para os que chegam, quanto de recolocação no mercado para os atletas que vão. O grupo de 2016 escreveu o nome na história da cidade de Sorocaba, nós seremos sempre gratos a todos e terei para sempre a foto deles na parede da minha casa. São atletas vitoriosos, um grupo maravilhoso que fez uma temporada brilhante e foi coroado com um título Mundial”, disse o presidente da equipe e diretor executivo da TFW, Fellipe Drommond.
 
Além dos ex-alvinegros, seguem o goleiro Tiago, o capitão Rodrigo e o craque Falcão, assim como os goleiros Luan e Pedrinho, o ala Pixote e, vindo da equipe sub-20, o pivô Lukinha. Os demais reforços para a temporada são estes: o fixo Lé (ex-Atlântico Erechim), atual campeão gaúcho, o ala Bruno (ex-Carlos Barbosa), campeão da Taça Brasil deste ano. O fixo Ricardinho aposentou-se e fará parte da comissão técnica.
 
Deixaram o clube estes jogadores: Gleison, Neguinho, Keko, Diego, Simi, Charuto, Mithyuê, Rafael, Xande e Daniel. Pela comissão técnica, também não segue na equipe o preparador físico, Thiago Chinelato; para seu lugar chegou  Mauro Sandri (ex-Jaraguá Futsal).
 
PENEIRA - No sábado passado, o Magnus Futsal realizou uma “peneira” para a categoria sub-20 na Arena Sorocaba. Participaram mais de mil interessados. "O número de inscritos ultrapassou as expectativas da organização, porém, com a dedicação de todos os responsáveis pela avaliação dos jogadores, conseguimos encerrar as mais de doze horas de trabalho dando oportunidade para que todos pudessem demonstrar o seu talento", disse o clube em nota. 
 
Durante a avaliação, a metodologia aplicada permitiu aos jovens que tivessem poucos minutos de atividade sob orientação dos profissionais das categorias de base, onde foram analisados quesitos como habilidade, controle de bola, posicionamento em quadra, movimentos básicos de jogo (como por exemplo a chamada “quebra de meio de jogo”), tomada de decisões, um contra um, passe e finalização.
 
Segundo o Magnus, os atletas com melhor desempenho voltaram a jogar por dez minutos utilizando somente dois toques e, por fim, os últimos selecionados jogaram outros dez minutos com toque livre, permitindo uma avaliação completa da capacidade individual e coletiva de cada atleta. Os goleiros foram avaliados em relação à postura, tomadas de decisão e capacidade técnica para a posição. 
 
O clube reconheceu que ocorreram alguns problemas. "Apesar do esforço de todos envolvidos para que a peneira pudesse acontecer da melhor maneira possível, infelizmente tivemos alguns problemas e desencontros foram notados na organização do evento. Pedimos desculpas aos que se sentiram prejudicados e adiantamos que já foram tomadas as devidas providencias para que nas próximas ocasiões o evento seja ainda melhor", justificou.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar