Sábado, 21 de Outubro de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SAÚDE Período de férias reduz doação de sangue no Hemonúcleo de Sorocaba Apesar de dezembro ter tido bons resultados nas doações, janeiro começa com queda na cidade

Publicada em 08/01/2017 às 08:09
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Segundo Frederico Brandão, as férias contribuem para a diminuição nas doações de sangue
Atualmente, 1,8% da população brasileira doa sangue. Embora o percentual esteja dentro dos parâmetros recomendados pela Organização Mundial da Saúde, de que pelo menos 1% da população seja doadora, o Ministério da Saúde trabalha constantemente para aumentar o índice, já que nas férias o número de doadores tende a diminuir. 
 
Em Sorocaba, ao contrário de muitas cidades do País, as doações aumentaram e foram satisfatórias no último mês de 2016; isso porque, de acordo com o gerente médico do Hemonúcleo de Sorocaba, Frederico Brandão, as campanhas de doação foram intensificadas em dezembro. “Tivemos doações acima do que a gente esperava, e isso permite que tenhamos, no momento, um estoque satisfatório.” 
 
Mas isso não é motivo para que as pessoas deixem de doar sangue. Brandão explica que em um dia normal o Hemonúcleo recebe entre 100 e 120 pessoas, mas, nos primeiros dias deste ano, a média está sendo de 70 pessoas diariamente. Uma das explicações para a queda está nas férias, que diminui a quantidade de doadores. “No período de férias, no começo do ano, e nas férias do meio do ano, que ainda têm o problema do frio, diminui a doação. Então, é sempre nesses períodos em que a gente observa essa queda. Em dezembro, ela não aconteceu em função das campanhas que foram feitas.”
 
A baixa nas doações pode prejudicar o Hemonúcleo. “Essa queda preocupa porque como o sangue tem uma validade muito curta, de 30 dias, o que foi doado em dezembro logo acaba; então, a doação tem de ser um processo constante.”
 
As férias não foram um empecilho para Débora Nunes Barbosa, 24 anos, e João Paulo Rodrigues, da mesma idade. O casal escolheu a manhã do dia 4 passado para fazer a primeira doação do ano, que ocorre a cada três meses, segundo eles. Débora, que já é doadora há cinco anos, afirma que sua motivação foi justamente a falta de estoque. “Estava faltando bastante sangue na época; então, resolvi começar a doar. Faço essa ação a cada três meses e, desta vez, ele me motivou a vir logo no início do ano.”
 
Rodrigues, que doa há dois anos, também foi motivado pela falta de doação. “A gente vê campanha na televisão, um colega meu sempre doa também, então resolvi doar e agora doo a cada três meses”, afirma.
 
Por mês, Sorocaba recebe, em média, 2,5 mil doações, o que equivale à cerca de 30 mil no ano. “Essa é uma quantidade suficiente que vem atendendo à demanda; a gente também não pode colher mais do que usa senão acaba sendo desperdício.” Cada doação beneficia de três a quatro pacientes diferentes, segundo Brandão. 
 
Mesmo não sendo da cidade, a vendedora Joseane Sathler, 43 anos, aproveitou a ida ao hospital para acompanhar o namorado, que foi visitar o avô, para fazer a primeira boa ação do ano. “Sou de Belo Horizonte, mas meu namorado mora aqui. Como o avô dele está internado no hospital, então falei: ‘vamos começar o ano fazendo uma boa ação’.”
 
Ela, que já doa há 15 anos em Minas Gerais, convenceu o rapaz a doar pela primeira vez. “Comecei a doar porque uma tia precisou de sangue, aí fiz a doação pela primeira vez e depois nunca mais parei. Faço isso mais de uma vez por ano. Como meu namorado nunca doou, incentivei ele a vir doar pela primeira vez”, explica Joseane. 
 
DOAÇÃO - Pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para os menores, entre 16 e 18 anos, é necessário o consentimento dos responsáveis; já pessoas entre 60 e 69 anos só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos. É preciso pesar, no mínimo, 50 quilos e estar em bom estado de saúde.
 
O candidato tem de estar descansado, não ter ingerido bebida alcoólica nas doze horas anteriores à doação, não fumar e não estar de jejum. Também é imprescindível levar documento de identidade com foto.
 
A doação é 100% voluntária e beneficia qualquer pessoa, independentemente de parentesco. O horário de atendimento do Hemonúcleo de Sorocaba vai de segunda a sábado, das 7h30 às 12h30. O endereço é Avenida Comendador Pereira Ignácio, 564, no bairro Vergueiro.  
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar