Sábado, 7 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< POLÍCIA Ladrões explodem carro-forte, matam vigia e atiram em PMs

Publicada em 14/12/2016 às 09:02
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Criminosos fortemente armados explodiram um carro-forte na noite de segunda-feira na Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira (SP 063), roubando muito dinheiro, matando um vigilante da empresa de segurança e deixando dois policiais militares feridos a bala. O veículo foi aniquilado pela força da explosão, e nenhum dos bandidos tinha sido preso até ontem à noite. 
 
Os três carros-fortes transitavam pela rodovia, que liga Bragança Paulista a Itatiba, em um trabalho de rotina, quando foram abordados por aproximadamente 15 criminosos, em três carros. Armados com fuzis, já chegaram atirando, dando poucas chances para os seguranças. A munição pesada ultrapassou a proteção do carro-forte. Dois carros-fortes conseguiram fugir, mas um ficou para trás, quando o motorista se perdeu na direção do veículo e caiu num barranco. O vigilante que estava ao lado do cofre foi baleado e morreu no local. O equipamento do carro-forte foi explodido, e a quadrilha fugiu com o dinheiro, cuja quantia é desconhecida. As armas que estavam no carro-forte foram roubadas também.
 
Dois policiais militares, do 49º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I), ficaram baleados ao tentar impedir a ação criminosa. Eles estavam próximos e flagraram o crime, mas não tiveram chance contra o bando, que estava em três carros, totalmente blindados. Os criminosos portavam fuzis.
 
Um cabo e um soldado foram baleados. Eles conseguiram pedir reforços, dar informações sobre os criminosos e, ainda, dirigir ao hospital mesmo feridos.
 
Em nota, a Protege, empresa responsável pelo transporte de valores, confirmou a morte de um colaborador durante a ação criminosa e o roubo do dinheiro, porém não divulgou o valor levado pelos ladrões. "A empresa informa que está prestando toda a assistência necessária aos funcionários e aos familiares da vítima. A Protege esclarece, ainda, que está colaborando com as autoridades nas investigações em curso e tem como política de segurança não comentar sobre valores transportados em carros-fortes." 
 
Os veículos usados no crime foram encontrados durante a manhã, queimados, na cidade de Atibaia.
 
No dia 30 de maio, ladrões atacaram dois carros-fortes na Rodovia Dom Pedro. A quadrilha estava fortemente armada, chegou a colocar fogo em um caminhão e interditar uma das pistas próxima ao quilômetro 89 para tentar roubar os veículos. O grupo conseguiu fugir depois da ação. Um dos veículos ficou no acostamento e os funcionários fugiram por um matagal. Já o outro entrou na contramão e acabou batendo em um carro onde estavam os criminosos. Em seguida, a quadrilha desceu e atirou contra o carro-forte. A ação chamou atenção de uma viatura da Polícia Rodoviária que fazia patrulhamento pela rodovia e se aproximou do local. Os ladrões reagiram atirando com fuzis. Nenhum policial ficou ferido.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar