Quinta-Feira, 29 de Junho de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< COTIDIANO Falta de manutenção em veículo triplica risco de acidentes de trânsito

Publicada em 11/12/2016 às 09:51
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Com a proximidade das festas de fim de ano e as perspectivas de viagens, o condutor deve estar atento ao estado do veículo antes de pegar a estrada. De acordo com a pesquisa do Instituto Scaringella Trânsito, a falta de manutenção preventiva é a responsável por triplicar os riscos de acidentes de trânsito. A pesquisa avaliou também que 80% dos veículos em circulação no País têm algum tipo de problema como pneu careca, lanterna queimada, falta de seta, motores desregulados, entre outros.
 
Para não correr o risco de sofrer um acidente ou ficar parado na estrada, a manutenção preventiva do veículo é recomendada a cada 10 mil quilômetros rodados ou seis meses. 
 
O motorista deve levar o veículo para revisão um mês antes da viagem, assim terá o prazo ideal para possíveis ajustes. A revisão de um automóvel pode custar a partir de R$ 60 para os serviços básicos, como alinhamento e balanceamento. Apenas após a análise do mecânico é possível identificar as peças do veículo que devem ser trocadas.
 
Na última "Operação Réveillon" 2015/2016, o Comando de Policiamento Rodoviário da Polícia Militar do Estado de São Paulo registrou 21 mortes nas rodovias paulistas por acidente de trânsito. Também foram apreendidos 345 veículos irregulares ou que transitavam sem condições de segurança. Por isso, outros elementos, como mecânica e injeção eletrônica, também passam por análise.
 
“Sem a devida manutenção, imprevistos como perda de direção ou da frenagem podem ocorrer; por isso a revisão do automóvel é necessária não só pela segurança do condutor e dos passageiros, mas também de pedestres e outros motoristas”, explica Camila Cugliari, diretora de um centro automotivo.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar