Terça-Feira, 14 de Julho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< CULTURA Oficina Cultural será fechada em janeiro Mais dez instituições do interior do Estado também serão desativadas

Publicada em 25/11/2016 às 18:24
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A partir de 1º de janeiro, instituição estará completamente fechada (Foto: Germano Schonfelder)
Atualizada às 18h55
 
A Oficina Cultural Grande Otelo, conhecida por incentivar a cultura em Sorocaba, fechará suas portas a partir de janeiro de 2017. A unidade conta atualmente com dois funcionários e uma coordenação e funciona na sede provisória, localizada na Rua Ramos de Azevedo, no Centro. Desde 2014, o prédio do Fórum Velho, que fica na Praça Frei Baraúna, foi fechado para reformas.
 
Mais dez instituições do interior do Estado de São Paulo também serão desativadas, por decisão do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Em nota, a organização social responsável pela gestão pelas oficinas no Estado de São Paulo, Poiesis, afirmou que não administrará a Oficina Cultural Grande Otelo a partir de 2017. “O novo modelo de gestão do espaço será definido pela Secretaria da Cultura do Estado. A Oficina Cultural Grande Otelo pertence à Secretaria e vinha sendo gerenciada pela Poiesis de acordo com o Contrato de Gestão.”
 
Ainda não se sabe o motivo pelo qual o governo estadual resolveu fechar a instituição e rescindir unilateralmente o contrato com a organização social, que venceria em 2018, nem a destinação do prédio. Artistas mobilizaram-se nas redes sociais contra o fechamento. 
 
Já a Secretaria da Cultura do Estado explica que, a partir de 2017, o programa Oficinas Culturais passará por readequações. "Em Sorocaba, a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo atualmente estuda um novo modelo de gestão do programa, com participação de parceiros, inclusive na manutenção dos espaços, para continuar garantindo o atendimento ao público com atividades de formaç ão cultural", diz a pasta por nota. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar