Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< ESPORTE Atlético-MG e Flamengo fazem jogo emocionante, mas travam sonho pelo título

Publicada em 29/10/2016 às 18:43
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Gilvan Souza/ Flamengo)
 Em jogo emocionante, com três gols nos últimos 15 minutos, Atlético Mineiro e Flamengo ficaram mais distantes do título do Campeonato Brasileiro ao empatarem por 2 a 2, neste sábado, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O time rubro-negro saiu na frente, mas sofreu a virada em cinco minutos. Quando a derrota parecia certa, Guerrero, aos 44, marcou um importante gol nesta 33.ª rodada.
 
Apesar de ter sido o terceiro jogo sem vitórias do Flamengo, o empate assegurou a vice-liderança e evitou um distanciamento ainda maior para o líder Palmeiras. Com 62 pontos, o time carioca segue em segundo e mantém a vantagem de dois pontos para o clube mineiro.
 
Com apenas mais cinco jogos em disputa, o Flamengo volta a campo no próximo sábado, dia 5, contra o Botafogo, no estádio do Maracanã, no Rio. Já o Atlético, que viu a série de 12 vitórias como mandante no Brasileirão chegar ao fim, faz o duelo decisivo contra o Internacional pela semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte.
 
Empurrado pela torcida, o Atlético adotou uma postura agressiva, com os laterais avançados e forte pressão no adversário. Porém foi o Flamengo quem primeiro ameaçou, quando Fernandinho disparou pela esquerda e chutar forte para a defesa de Victor. Mesmo com todo o ímpeto inicial, o Atlético só chegou aos 19 minutos, quando Fred recebeu bom passe de Leandro Donizete e chutou fraco.
 
O atacante teve nova chance para marcar, mas chegou atrasado no cruzamento de Fábio Santos e desperdiçou mais uma jogada. Do outro lado, Guerrero fez o papel de garçom aos 32. O centroavante ganhou no alto de Erazo e ajeitou para Diego chutar e fazer 1 a 0. Soberano no jogo aéreo, Guerrero finalizou duas vezes de cabeça. Uma foi para fora e a outra parou na ótima defesa de Victor.
 
O segundo tempo foi do goleiro Alex Muralha. Logo no primeiro minuto, ele defendeu o chute de Lucas Otero e impediu o empate. Na sequência, Robinho entrou na área livre e também parou no goleiro. Mesmo dominado, o Flamengo ainda teve nova chance, quando Diego cruzou e Erazo quase marcou contra. A bola bateu na trave.
 
O Flamengo abandonou o ataque para tentar se segurar na defesa. Mas não certo por muito tempo. Aos 23 minutos, Fred balançou as redes, mas o árbitro marcou impedimento. Pouco tempo depois, Júnior Urso e Robinho tiveram a chance do empate, mas erraram o alvo. Aos 36, o gol. Fred foi derrubado na área e o árbitro assinalou pênalti. Robinho cobrou e fez 1 a 1.
 
Cinco minutos depois, o Atlético conseguiu a virada. O argentino Lucas Pratto aproveitou passe de Robinho, driblou Alex Muralha e fez 2 a 1. O então conformado Flamengo se lançou todo ao ataque. A pressão funcionou. Após disputa de Diego, Guerrero recebeu na pequena área e chutou forte para garantir o empate e a vice-liderança para o Flamengo no Brasileirão.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar