Quarta-Feira, 8 de Julho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< ECONOMIA Concessionária promete redução no preço da luz CPFL Piratininga anuncia redução média de 24,18% a partir de 23 de outubro

Publicada em 19/10/2016 às 08:10
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta terça-feira (18) a redução média de 24,18% nas tarifas aplicadas pela CPFL Piratininga, que atende a 1,68 milhão de clientes em 27 municípios no Interior e no Litoral paulista, incluindo Sorocaba, Votorantim e outras cidades da região. As novas tarifas entram em vigor a partir do próximo domingo (23). 
 
A conta de luz dos clientes de alta-tensão, como indústrias, será reduzida em 30,22%. Por sua vez, a tarifa dos consumidores de baixa-tensão, como residências e serviços comerciais de pequeno porte, terá queda de 19,48%. Os novos percentuais foram autorizados pela Aneel em reunião de diretoria ontem pela manhã, em Brasília. 
 
A redução da conta de luz reflete, segundo informou à tarde a Gerência Regional da CPFL Piratininga em Sorocaba, a diminuição no valor cobrado na tarifa do encargo setorial CDE e do menor custo de compra de energia produzida pela usina hidrelétrica Itaipu, cotada em dólar (em 2016, houve redução da tarifa em dólar e valorização do real). Outro fator que contribuiu para a queda foi a devolução da perda de receita causada pela liminar obtida pelos grandes consumidores para não pagar a CDE.
 
Esses custos compõem a chamada Parcela A, que não são gerenciáveis pela CPFL Piratininga e não compõem a sua remuneração. A Parcela B, que considera os gastos operacionais gerenciáveis da empresa e determinam a sua remuneração, representa uma pequena parcela da tarifa de energia estabelecida pela Aneel.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar