Domingo, 15 de Setembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< ESPORTE São Bento presta contas e fecha balanço de 2016 já pensando na próxima temporada

Publicada em 28/09/2016 às 00:46
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Terminada a temporada de 2016, com dois ótimos resultados, o quinto lugar no Paulistão e o acesso para a Série C do Brasileiro, o São Bento agora começa a se reorganizar, fecha o balanço e a contas e começa a se planejar visando ao ano que vem. Na segunda-feira, os dirigentes do clube tiveram uma primeira e importante reunião que tratou exclusivamente do balanço financeiro do clube, cujos dados ainda não foram fechados, o que deve ocorrer nos próximos dias, e colocados na mesa nas próximas reuniões. 
 
Segundo o presidente em exercício, Márcio Rogério Dias, o foco do clube é manter a todo custo as contas em dia, sem dívidas, uma gestão com transparência, sem gastar mais que arrecada, o que vem sendo cumprido à risca nestes cinco últimos anos quando o atual grupo assumiu comandado por Fernando Martins Costa Neto e Agacyr Maister, que, por sinal, devem voltar ao comando do clube em novembro. “Desde que assumimos o time na A-3, o lema nosso foi ter uma gestão séria, com compromisso com a instituição, prestando contas aos seus patrocinadores, sócios, torcedores e impressa. Faremos um balanço de 2016 para, após, pensar e planejar 2017”, disse Dias. 
 
200 A 250 MIL POR MÊS NA SÉRIE C – Segundo o presidente em exercício, para 2017, o Brasileiro da Série C não tem cota e será igual ao da Série D, onde a CBF paga somente viagens e hotel, enquanto o clube tem de arcar com salários e outras despesas. Segundo Dias, a previsão de uma Série C, somente com jogadores, é de um gasto mensal de R$ 200 mil a R$ 250 mil, fora comissão técnica e administração. 
 
“É um valor volumoso e por isso o clube tem que agir com responsabilidade e não fazer loucuras. Não podemos onerar o clube e gastar mais que arrecadamos. Senão teremos no futuro problemas de ordem judicial e não queremos ter isso como era antigamente. Vamos refletir com calma e sabedoria e ver se vamos continuar ou não. Sabemos que não é fácil, mais 12 meses e precisamos ter muita cautela”, explicou Dias.
 
FERNANDO E XIXO VOLTAM – De acordo com Márcio Dias, o presidente, Fernando Martins Costa Neto, e o diretor, Agacyr Maister, o Xixo, voltam em novembro; isso depois de 180 dias de licença médica, no caso de Costa Neto. Sobre sua permanência no clube, Dias disse que ainda está refletindo se fica ou não.
 
“Quero continuar, mas fazendo o que fazia desde 2013 até antes do afastamento do presidente, ou seja, cuidando do Jurídico e da parte de contratação de  atletas. Hoje não dá para se saber quem fica ou sai. Ontem foi a primeira reunião e ainda não temos uma posição definitiva. Primeiro, estamos colocando a casa em ordem, acertando as últimas rescisões de contrato antes de ver quem fica e quem sai e definindo o orçamento de 2017, pois precisamos de dinheiro”, resumiu.
 
DIGNIDADE DO CLUBE EM 1º LUGAR - O presidente Márcio Dias foi objetivo e bateu forte na tecla da gestão responsável. E disse que o clube pode perder quaisquer jogadores, comissão técnica, mas nunca a dignidade e manter as contas em dia. “Como já disse, estaremos buscando (para 2017), patrocinadores anuais. Vamos definir quantas cotas e valores que o clube terá de buscar. Mas o mais importante é continuarmos tendo uma gestão responsável. Poderemos até perder jogadores, uma comissão técnica, mas nunca a dignidade do clube, e disso não abrimos mão”, afirmou Dias.
 
Dias enfatizou que o Brasileiro e a temporada acabaram há apenas duas semanas, e o grande esforço agora é para fechar o balanço de 2016, tanto do estadual como do campeonato nacional. “Não dá ainda pra dizer se tivemos lucro, empatamos ou tivemos prejuízo neste ano. Estamos ainda aguardando os dados do marketing, do financeiro, da imprensa e demais setores para avaliarmos e fecharmos, finalmente, esse balanço e com transparência divulgar em breve. Vamos ainda trabalhar ao mesmo tempo o planejamento de 2017, ver os patrocinadores, quem vai fechar por um ano etc.”, alinhavou. 
 
REDUÇÃO NO NÚMERO DE PROCESSOS - “Vamos ainda divulgar nesta coletiva os dados a respeito dos processos judiciais que o clube vem resolvendo”, disse Dias. Antes do início da gestão do atual grupo, eram mais de 300 processos contra o São Bento e, em um dos últimos levantamentos, a atual gestão reduziu para menos de dez.
 
 
Paulo  Roberto espera definir sua 
situação com o clube o quanto antes
 
Ontem, o treinador Paulo Roberto Santos, há três anos no São Bento, que passa férias em Rio Claro, após levar o time ao quinto lugar no estadual e ao acesso para a Série C, disse que até agora nada, ninguém do clube o procurou para discutir a renovação do contrato. “A única coisa que temos, é uma conversa adiantada em nível de Paulistão. Não temos contrato assinado”, disse o treinador, que explica que vem sendo procurado por várias equipes de São Paulo e fora, mas que só vai decidir depois de falar com o São Bento. 
 
Em três anos de São Bento, de 2014 a 2016, com o treinador, foram 64 jogos, 115 pontos, 31 vitórias, 22 empates e 10 derrotas, 76 gols marcados e 37 gols sofridos e 59,8% de aproveitamento dos pontos.
 
“Como falei anteriormente, não vou decidir nada, sem falar com o São Bento. Vou aguardar até o final do mês antes de tomar qualquer posição”, disse o treinador, que na semana que vem viaja para o Nordeste com a família.  “Pretendo definir o meu futuro seja onde for o quanto antes”, explicou.
 
APALAVRADO ATÉ O PAULISTÃO – Sobre a situação do treinador, o presidente em exercício, Márcio Rogério Dias, disse que o São Bento tem um contrato apalavrado com Paulo Roberto até 30 de abril de 2017 ou até o fim do Paulistão. No entanto, antes de definir essa questão, o presidente Márcio Dias disse que o clube deve discutir e definir um planejamento anual, pela primeira vez em muitos anos. 
 
“Estamos fechando o balanço anual e em seguida vamos tratar desse planejamento  de 2017. O São Bento não tem patrocinador anual assinado. Estaremos buscando, sim, uma previsão orçamentária e fazendo as coisas com responsabilidade de gestor de futebol profissional e não com o coração. Não vamos gastar com o que não temos. Vamos analisar, projetar, planejar, concretizar os patrocínios de forma organizada para termos, assim, um orçamento para a Série A-1 e Série C, mas sempre com sabedoria”, disse Dias.
 
 
2017: Paulistão e Brasileiro da Série D: 
os prováveis adversários do Azulão
 
No Paulistão, que começa no fim de janeiro e vai até abril, o clube terminou em quinto lugar em 2016, com 15 jogos, 27 pontos, 7 vitórias, 6 empates e 2 derrotas, 21 gols marcados e 11 gols sofridos, 60% de aproveitamento. No segundo semestre, o Bentão volta a jogar o Brasileiro da Série C depois de 25 anos; e no ano que vem com pelo menos 18 partidas.
 
Entre os adversários do São Bento na Série C estará o Volta Redonda (que ascendeu com o time de Sorocaba, da Série D em 2016, ao lado do CSA-AL e Moto Club-MA, que devem ficar no grupo dos times do Norte e Nordeste); Tombense-MG, Ypiranga-RS, Mogi Mirim-SP, Macaé-RJ. Neste ano de 2016, Portuguesa-SP e Guaratinguetá-SP foram rebaixados, ao lado de América-RN e River-PI para a Série D de 2017).
 
Somar-se-ão a esse times que jogam a Série C de 2017, os times que não subirem para a Série B de 2017. Entre esses podem estar: Botafogo de Ribeirão Preto, que encara o ABC no “mata-mata” deste ano, o Boa-MG, que pega o Botafogo-PB, o Guarani de Campinas, que enfrenta o ASA-AL, e o Juventude-RS que tem jogos com o Fortaleza-CE.
 
Outros adversários do São Bento na Série C devem sair entre os quatro times que serão rebaixados da Série B deste ano. Faltando 11 rodadas para o término do torneio, estão ameaçados o Sampaio Correa-MA, Joinville-SC, Tupi-MG, Bragantino-SP, Oeste/Guará-SP, Paraná Clube-PR, Goiás-GO, Paysandu-PA e Luverdense-GO. Destes, podem ser adversários do São Bento na Série C, o Joinville, Tupi, Bragantino, Oeste e Paraná. No Brasileiro da Série D, o Bentão foi semifinalista e 3ª melhor campanha do nacional e acesso para a Série C.

 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar