Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< REGIÃO Secretaria de Saúde aperfeiçoa o transporte de pacientes

Publicada em 27/09/2016 às 14:35
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

 
A Prefeitura de Itapeva, por meio de sua Secretaria de Saúde, está oferecendo todo o apoio necessário para a realização do transporte sanitário dos pacientes dos Municípios para os hospitais e centros de tratamento da região. Na última quinta-feira, dia 22, no Plenarinho da Câmara Municipal, aconteceu, aliás, a reunião mensal do Conselho Intermunicipal de Saúde, que definiu, entre outras coisas, o aperfeiçoamento do transporte sanitário de pacientes.
 
Atualmente, a Secretaria de Saúde de Itapeva transporta, em média, 35 mil pessoas por ano, por volta de 150 pacientes por dia. Para oferecer um transporte com mais qualidade, segurança e menos custos, foi necessária à readequação do transporte sanitário por meio da unificação do sistema, de forma a integrar a prestação do serviço entre as 15 cidades da região. Para o secretário de Saúde da Prefeitura de Itapeva, Armando Ribas Gemignani, quem irá se beneficiar com a nova medida é o cidadão. “A partir de agora, o paciente poderá desfrutar de um transporte unificado e com menos custos. Com a redução de gastos, poderemos atender ainda mais e melhor as pessoas que mais precisam do sistema de saúde da região”, explica o secretário. 
 
A economia gerada pela unificação do sistema de transporte sanitário da região também pode ser utilizada para a renovação constante da frota de veículos utilizados para este fim. O secretário Armando Ribas Gemignani explica ainda que a frota de veículos deve ser renovada a cada 5 anos. “Para aumentar ainda mais a excelência do serviço prestado à população, temos o projeto de manter a frota de veículos sempre renovada, para aumentar a segurança dos pacientes e a qualidade do transporte. Com a contenção de gastos, este objetivo pode ser tranquilamente alcançado”, acrescenta. 
 
 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar