Segunda-Feira, 9 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< POLÍCIA Cigarros contrabandeados são apreendidos na Raposo

Publicada em 20/09/2016 às 06:37
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Divulgação)
Uma carreta carregada com caixas de cigarros contrabandeados foi apreendida pela Polícia Rodoviária na manhã de ontem na Rodovia Raposo Tavares, na altura do quilômetro 118, entre as cidades de Sorocaba e Araçoiaba da Serra. O motorista tinha saído com o veículos de Foz do Iguaçu, no Paraná, e seu destino era Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Ele foi parado em uma abordagem de rotina policial. Havia 900 caixas de cigarros na carroceria da carreta. O carregamento, que não tinha nota fiscal, foi levado para a base da Polícia Rodoviária na Raposo Tavares e a ocorrência, registrada na Polícia Federal de Sorocaba. O motorista M.C.P., 33 anos, paranaense, foi indiciado e permaneceu detido na delegacia
 
Há 15 dias, duas carretas com cigarros contrabandeados foram parados em uma abordagem igual na altura do quilômetro 115 da mesma rodovia. Os policiais descobriram que os dois motoristas que estavam nos veículos vinham do Paraguai para fazer entrega de cigarros contrabandeados. Ao todo, foram apreendidos 470 mil maços de cigarros na ocasião.
 
No começo do ano, em 28 de janeiro, a polícia prendeu Ednaldo Sebastião da Silva, 41 anos, vulgo Roberto, apontado como "rei do contrabando do cigarro" de Sorocaba. Ele tinha um mandado de prisão contra si e foi detido em sua casa, no Bairro Novo Cajuru. 
 
Uma semana antes, policiais militares apreenderam 500 mil maços de cigarros no bairro. A Polícia Federal não o apontou como o chefe do esquema de distribuição do produto. Sua prisão deu-se quando PMs no bairro viram o acusado dentro de seu carro Hyundai / Sonata, prestes a entrar no condomínio de luxo, onde morava.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar