Quinta-Feira, 9 de Julho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< ECONOMIA Domingos Montagner vai ser sepultado no sábado, em São Paulo

Publicada em 16/09/2016 às 14:40
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Caiuá Franco/TV Globo)
Domingos Montagner vai ser sepultado neste sábado (17) em São Paulo, afirmou o irmão do ator, Francisco Montagner, à Rádio Bandeirantes. O sepultamento ocorrerá no Cemitério da Quarta Parada, na zona leste da cidade. O velório está marcado para ocorrer no sábado, a partir das 9 horas, no Teatro Fernando Torres, no bairro do Tatuapé.
 
O corpo do ator foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) de Aracaju, capital de Sergipe, na manhã desta sexta-feira (16). O laudo apontou que Domingos Montagner morreu por asfixia mecânica por afogamento. 
 
O diretor do IML, José Aparecido Batista Cardoso, informou ainda que o corpo tinha ferimentos superficiais na região do tórax devido ao contato com pedaços de madeiras e pedras. "Foi encontrada uma grande quantidade de água entre o pulmão e traqueia dele. Foi um acidente." A declaração de óbito está pronta e o corpo liberado para sepultamento. 
 
Carreira
 
A carreira artística do ator paulistano começou no circo, na companhia La Mínima, em 1980. Em 1990, ingressou no teatro atuando como palhaço.
 
Na televisão, fez poucas participações, como no seriado Força Tarefa e Cura. A primeira novela foi Cordel Encantado, da Rede Globo, exibida em 2011. Recentemente, também participou do seriado Divã, ao lado da atriz Lilia Cabral.
 
Em 2012, participou da minissérie O Brado Retumbante. No mesmo ano, da novela Salve Jorge, e em 2013, atuou em Joia Rara.
 
Em 2014, foi o protagonista de Sete Vidas, no papel de Miguel, um homem que descobre ter sete filhos, após ser doador de esperma.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar