Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< SAÚDE Aluna desenvolve projeto para quem tem intolerância à lactose

Publicada em 22/08/2016 às 14:44
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Pensando em facilitar a vida de pessoas que têm intolerância à lactose, substância presente no leite e derivados, a estudante Maria Vitória Valoto, 16 anos, desenvolveu cápsulas reutilizáveis que tornam o produto bom para aqueles cujo consumo é contraindicado. Com o projeto, ela tornou-se uma das 16 finalistas da Google Science Fair 2016. A cápsula tem a enzima lactase, responsável pela quebra da lactose, e tem de ser colocada num recipiente com leite e, após cinco horas, estará pronto para consumo. 
 
O interesse da estudante pela Ciência foi estimulado pela escola, que tem Iniciação Científica como disciplina. A sugestão para a pesquisa veio da Universidade Norte do Paraná, e Maria Vitória não teve dúvidas de trabalhar com o tema da intolerância à lactose, problema que acompanha de perto com o pai. Durante seis meses, ela trabalhou no projeto até chegar ao resultado. “Quando comecei a desenvolver o projeto científico, queria algo que tivesse impacto social legal, que fizesse a diferença.” 
 
Ela conta que, com o trabalho, pôde perceber que o problema existe na casa de milhares de pessoas. Segundo a estudante, a ideia é inovadora, porque atualmente existem poucos medicamentos para uso direto no leite e, ao ter a possibilidade de reutilizar a cápsula, o custo fica menor. Maria Vitória disse que, com a ajuda de professores, continua trabalhando no aperfeiçoamento da pesquisa. Para a estudante, a experiência tem trazido amadurecimento e a ajudou a definir o futuro profissional. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar