Sexta-Feira, 5 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< SOROCABA Sem citar valores, Alckmin adianta que Estado vai investir na saúde da Cidade Governador esteve em Sorocaba para entrega de chaves de apartamentos do ?Viver Melhor?

Publicada em 12/08/2016 às 07:05
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Fernando Rezende)
Embora não tenha especificado valor, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse nesta quinta-feira (11), em visita a Sorocaba, que o governo do Estado deve investir na área da Saúde, nos próximos meses, como no Complexo Hospitalar, Medicina Nuclear, Rede de Reabilitação “Lucy Montoro”, entre outros. Alckmin esteve na cidade para a entrega de 416 apartamentos do Residencial “Viver Melhor”, dividido em três condomínios e situado no Jardim Bethânia.  
 
“Há cidades, como São José dos Campos, que é a sétima maior do Estado, São Bernardo do Campo, que é a quarta maior, e não têm hospital estadual. Aqui, tem o Complexo Hospitalar, em que vamos investir na parte de Medicina Nuclear para ter o sistema de Cintilografia, fizemos o AME cirúrgico, que ajuda na desospitalização, e vamos entregar a Rede do 'Lucy Montoro', que também é importante para pessoas com deficiência”, afirmou. “Estamos construindo um segundo hospital do Estado e apoiando todas as Santas Casas da região.” 
 
Alckmin ressaltou, ainda, a questão da fila para cirurgia eletiva, que é um fato novo, aumentando a demanda de saúde. “Dentro de três semanas, na primeira semana de setembro, vamos iniciar os mutirões de cirurgia para diminuir fila.” Em relação à crise econômica que a cidade enfrenta, o governador declarou que o País está passando por dificuldade na área da saúde e que, quando foi concebido o SUS, foi afirmado que seria de graça, desde vacina a transplante de coração.
 
“Na época, fui relator da Lei Orgânica de Saúde; eram praticamente dois terços federais e um terço estadual e municipal. Hoje, inverteu. São Paulo é um terço do financiamento federal, e dois terços, Estados e municípios. Se for verificar, o governo federal não tem médico. Está ficando tudo sobre o Estado e município”, ressaltou. “A questão da saúde ficou duríssima, tanto para o Estando quanto para o município.” Ele falou também sobre a fraude das merendas, afirmando que já foi feita apuração pela corregedoria do Estado. 
 
VISITA – Ontem, as 416 famílias receberam suas casas por meio da Casa Paulista, classificadas pelo governador como habitações para quem não possui casa própria. “Aqui, em Sorocaba, uma grande cidade metropolitana, não é barato, o aluguel custa entre R$ 500 e R$ 1 mil. É habitação para quem não tem casa, para famílias de menor renda, é uma união de dois programas muito bem-sucedidos, que são 'Minha Casa, Minha Vida', federal, e o 'Casa Paulista', que é estadual”, disse Alckmin. 
 
Foram assinados 100 mil unidades no Estado, como compromisso, e hoje chegou a 116 mil contratadas. “Dos quais, grande parte aqui em Sorocaba, 1,8 mil praticamente entregues e mais de 4 mil em obras; então, uma grande conquista para a cidade”, salientou. No evento, estiveram presentes o prefeito Antônio Carlos Pannunzio, deputado federal Vitor Lippi, secretário-adjunto do Estado de Habilitação, Nelson Baeta Neves, entre outros. Ao final da coletiva, Geraldo Alckmin visitou uma das casas do programa "Casa Paulista".
 
O caminhoneiro Adilson de Melo e a mulher, Mariana Melo, levaram a pequena Milena, 2 meses, para a cerimônia de entrega das chaves. Eles contaram que têm mais dois filhos, Mayara, 4 anos, e Mateus, de 5, e que pagavam R$ 500 de aluguel numa casa muito simples de apenas dois cômodos. Agora, pagarão apenas R$ 35 na prestação da nova moradia. “A gente pagava aluguel e mal sobrava dinheiro para comprar o básico; agora poderemos dar uma vida melhor para os nossos filhos”, comemora Adilson.
 
CRECHE EM PORANGABA – Foi inaugurada também mais uma unidade do Programa Creche Escola, em Porangaba, região de Sorocaba. A construção do prédio foi possível por meio da parceria entre a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e a Prefeitura local. “A criança passa o dia na Creche Escola. Esse é o melhor investimento, é a melhor política pública, pois permite à mãe ter a segurança de que seu filho está bem-atendido e bem-acolhido. Uma grande conquista para Porangaba.” 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar