Sexta-Feira, 5 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< CULTURA Comédias e animação são destaque nas estreias do Cinema 'Florence: Quem é Essa Mulher?', 'Perfeita é a Mãe' e 'Um Espião e Meio' se assemelham no gênero, mas apresentam comédias com histórias bem diferentes

Publicada em 11/08/2016 às 06:53
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Meryl Streep encarna a espalhafatosa cantora em 'Florence: Quem é Essa Mulher?'
Depois “Esquadrão Suicida” dominar as salas de cinemas na semana passada, quatro estreias prometem trazer mais variedade em termos de opções de filmes no roteiro cinematográfico de Sorocaba a partir desta quinta-feira (11). Desses quatro títulos, “Florence: Quem é Essa Mulher?”, “Perfeita é a Mãe” e “Um Espião e Meio” se assemelham no gênero, mas apresentam comédias com histórias bem diferentes. Já a animação mexicana “Cantando de Galo” é a aposta para o público infantil. 
 
Trazendo toda a elegância de uma Nova Iorque da década de 40, assim como o brilho das obras cinematográficas feitas na época, “Quem é essa Mulher?” conta a história real de Florence Foster Jenkins (interpretada pela badalada Meryl Streep), herdeira da fortuna do famoso banqueiro Charles Dorrance Foster, que sempre teve o sonho de se tornar uma grande cantora, mas não possuía talento para tal. Entretanto, o dinheiro e a influência da mulher na sociedade nova-iorquina lhe permitiram fazer suas apresentações – desastrosas, por sinal – nas casas mais importantes da cidade. 
 
Com sua falta de talento – e de noção -, Florence consegue tirar risadas fáceis dos espectadores, com sua grande habilidade de se expor ao ridículo. Entretanto, o humor também vem carregado de melancolia ao escancarar o jogo de aparências que há na sociedade, onde o poder do dinheiro da protagonista consegue `comprar´ amigos, que não contrariam seu desejo de se tornar aquilo que não é e também até mesmo um relacionamento de fachada com o ator – igualmente sem talento - St Clair Bayfield (Hugh Grant), que mantém uma relação com a jovem atriz boêmia Katheleen (Rebecca Ferguson). 
 
ESPIÕES – Com Dwayne Johnson e Kevin Hart nos papéis principais, “Um Espião e Meia” traz, por sua vez,uma típica produção que mistura ação e comédia para aumentar o leque de potenciais espectadores. A história acompanha dois amigos que, ao contrário das estimativas, se tornaram na vida adulta figuras totalmente diferentes do que eram na época da escola. Bob Stone (Johnson), que sofria bullying por ser gordinho e nerd, se tornou um malhado e letal ex-agente da CIA, enquanto o popular Calvin Joyner (Hart) foi de um promissor aluno para um mero e frustrado contador. Anos depois, os amigos se reencontram e Bob pede a ajuda de Calvin para ajudá-lo a lutar contra uma conspiração internacional.
 
PARA MÃES – Com uma premissa bastante calcada no feminismo, “Perfeita é a Mãe” é mais uma demonstração do esforço de Hollywood para dar visibilidade ao empoderamento feminino. Partindo de três estereótipos de figuras maternas, o filme conta a história de três mulheres bem diferentes que estão cansadas do excesso de responsabilidades e obrigações que a sociedade lhes impõe e resolvem declarar guerra a esse ideal de mãe perfeita, bem sucedida, boa dona de casa e amante excepcional. Com Mila Kunis, Kristen Bell e Kathryn Hahn no elenco, o longa traz como lema “lugar de mulher é onde ela quiser”.
 
ANIMAÇÃO – Para crianças, a novidade da semana é a animação mexicana “Cantando de Galo”, que se mostra uma rara surpresa dentro do gênero que é dominado pelas produções americanas, principalmente da imbatível Disney. O longa conta a história de um pequeno galo que sonha em se tornar o líder de seu povoado, mas, quando um fazendeiro ameaça destruir seu lar e seus amigos, o pequeno herói parte para uma aventura para defendê-los. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar