Terça-Feira, 18 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Parque Ecológico do Saae fechado para obras de ampliação da ETA Éden

Publicada em 12/07/2016 às 06:29
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O Parque Municipal “Rubens Cernomoret”, localizado na avenida Conde Zeppelin, no bairro do Éden, teve seu acesso fechado ao público a partir desta segunda-feira (11), devido às obras de reforma e ampliação da Estação de Tratamento de Água “Eng. Celso Eufrásio Monteiro”, a ETA/Éden, que ocupa o mesmo espaço. Lançadas em 12 de maio pela Prefeitura/Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), as obras estão atualmente numa etapa de movimentação intensa de máquinas, caminhões e trabalhadores da empreiteira contratada, motivo pelo qual se fez necessário o fechamento do Parque neste momento, para preservar a segurança dos seus frequentadores, além de permitir maior agilidade nas intervenções que vêm sendo executadas, conforme informou ontem a Autarquia, acrescentando que a interdição deve se estender até o final das obras, cujo prazo contratual é de 18 meses.      
As obras da ETA/Éden, que ampliarão a sua atual capacidade de produção de água tratada de 200 para 300 litros por segundo, vêm sendo executadas pela empresa Centroprojekt do Brasil, vencedora da licitação pública, com contrato assinado no valor de R$ 15.544.664,10. Os recursos são provenientes de financiamento da Caixa Econômica Federal, por intermédio do Programa Saneamento para Todos (PAC 2), e contrapartida do próprio Saae.
 
O PROJETO - De acordo com o projeto executivo da obra, as intervenções abrangem toda a Estação, começando com a captação da água bruta na represa do Ferraz, localizada em frente à ETA. Nesse local, será instalada mais uma adutora e a atualmente existente será reformada, enquanto que a estação elevatória de água ganhará novos motores e bombas de potência maior, permitindo mais velocidade e volume de água captada para tratamento.
 
Com a inclusão de mais uma adutora de captação, a ETA/Éden ganhará também uma estrutura divisora de vazão, além de mais um módulo de floculadores mecanizados, passando a contar com dois módulos desse equipamento responsável pela coagulação das impurezas presentes na água bruta. A estrutura da ETA passará a contar também com um novo módulo de tratamento, formado por um decantador e quatro filtros rápidos de dupla camada. Essa estrutura de filtragem da Estação ganhará, assim, maior eficiência com mais uma intervenção prevista nas obras de ampliação e reforma, que consistirá na implantação de um reservatório elevado de 400 mil litros, destinado especialmente para a lavagem dos filtros e possibilitando maior qualidade da água distribuída à população. 
 
Além de possibilitar a ampliação da capacidade de produção e qualidade da água, as obras de ampliação e reforma da ETA/Éden preveem também intervenções que permitirão maior nível de segurança, economia e adequação ambiental em suas operações. No campo da segurança, a unidade passará a contar com uma bacia de contenção para o acondicionamento dos tanques de produtos químicos utilizados no processo de tratamento, com o objetivo de prevenir acidentes e proteger e o meio ambiente.
 
Para a otimização e economia das operações da Estação, a ETA/Éden ganhará ainda uma nova casa de química e de cloradores, e passará a contar com bombas dosadoras dos produtos utilizados. Ainda nesse processo de utilização dos produtos químicos, a Estação de Tratamento contará com novas bombas e mais potentes no processo de recirculação de água para as injeções de cloro, contribuindo para maior velocidade e eficiência do processo de tratamento.
 
No que diz respeito à preservação do meio ambiente, a ETA/Éden vai ganhar também um novo prédio de tratamento do lodo que é gerado no processo de tratamento da água, que vai permitir o acondicionamento químico, adensamento e desidratação mecânica do lodo por centrifugação, possibilitando um tratamento completo do subproduto gerado e sua disposição final adequada, dentro dos padrões estabelecidos pelos órgãos ambientais. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar