Terça-Feira, 18 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< REGIÃO Iperó inicia obras no Narita Park

Publicada em 05/07/2016 às 07:13
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A Prefeitura de Iperó já iniciou as obras de pavimentação no bairro Narita Park. As benfeitorias no bairro foram possíveis após a assinatura de um convênio de R$ 1,25 milhão com a Desenvolve-SP, agência de desenvolvimento do Estado de São Paulo. Serão pavimentadas treze ruas do bairro, beneficiando cerca de 300 famílias que residem no local. O prazo previsto para a conclusão dos serviços é de 120 dias.
 
Isac Araújo da Silva, morador do bairro há cinco anos, comemorou a conquista: “Sempre enfrentamos dificuldades pela falta do asfalto. Em época de chuva, quando não havia pedras nas ruas, nossas crianças tinham dificuldades para ir à escola, por causa do barro. No tempo seco, era a poeira que prejudicava. Agora, o bairro todo será beneficiado com a pavimentação, além da valorização dos imóveis", comentou.
 
O prefeito Vanderlei Polizeli ressaltou a importância da liberação dos recursos e a realização das obras no bairro, afirmando que "temos trabalhado bastante em todo o Município desde que iniciamos a Administração e a liberação desses recursos vem atender uma necessidade antiga do Narita Park. São obras essenciais para o bairro e precisamos comemorar mesmo", destacou.
 
PLANO TURÍTICO – Por outro lado, através de uma parceria entre a Prefeitura de Iperó, a Floresta Nacional de Ipanema e professores e acadêmicos do curso de Turismo do Câmpus de Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), está em construção um plano de desenvolvimento turístico para o Município. Os trabalhos começaram no início de junho, realizando-se um levantamento amplo das estruturas e possibilidades de desenvolvimento turístico local através de um inventário produzido pela UFSCar. A finalização acontecerá no segundo semestre. No inventário, constam os pontos turísticos do Município, como a Floresta Nacional de Ipanema, os remanescentes ferroviários e o chamado `centro velho´´, considerando o valor histórico, ambiental e arquitetônico de cada local. Também são estudadas outras possibilidades, como o turismo rural, religioso, histórico e esportivo, com enfoque na introdução do balonismo.
 
“Na primeira etapa, fazemos o inventário turístico, que é um levantamento de tudo o que existe no Município, desde questões de infra-estrutura básica, até questões diretamente relacionadas ao turismo. Logo após, elaboramos uma filtragem para fazer o plano de desenvolvimento turístico”, explicou a professora Cassiana Gabrielli, coordenadora do curso de Turismo da UFSCar Sorocaba.
 
Para o prefeito Vanderlei Polizeli, a profissionalização das atividades turísticas no município de Iperó pode trazer novos recursos, além da geração de renda. “É também uma forma de valorizar o nosso patrimônio e criar atrativos para que mais pessoas visitem Iperó anualmente”, comentou.
 
 
São João teve festa bicentenária em Ipanema
 
Apesar da discussão quanto à data da primeira festa (1810 ou 1814), há mais de 200 anos é mantida a tradição da “Festa de São João” realizada na Floresta Nacional de Ipanema (Flona), em Iperó, onde estão os remanescentes da Real Fábrica de Ferro de São João do Ypanema. Na capela anexa ao casarão da antiga sede da Fazenda, está, inclusive, exposta a imagem de São João Batista, uma relíquia trazida de Portugal na mesma época.
 
A festa celebra um dos santos mais populares do ciclo junino brasileiro e, anualmente, começa no dia 23 de junho, quando moradores de Iperó e cidades vizinhas lavam a imagem que recorda o Santo ainda menino e os fieis agradecem pelos pedidos atendidos. Já no dia 24, festa litúrgica da Natividade de São João Batista, é realizada a procissão iluminada por velas, celebrada a missa, realizada a bênção do fogo e a troca das bandeirolas do mastro que traz os três santos festejados no mês (Antonio, João e Pedro). Após a celebração, todos se reúnem para uma confraternização, com comidas e bebidas típicas.
 
De acordo com Alexandre Cordeiro, chefe da Flona de Ipanema, durante o auge da Real Fábrica de Ferro e posteriormente, na época do Ministério da Agricultura, essa festa era maior e envolvia toda a região. “Havia mais moradores aqui em Ipanema e isso contribuía para uma maior participação. Mas um dos nossos compromissos é a preservação cultural e ambiental. Por isso, estamos mantendo a tradição e resistindo culturamente. Temos percebido o aumento da participação nos últimos sete anos, com a presença de antigos moradores e também de paróquias das cidades da região”, comentou ele.
 
Para o prefeito iperoense Vanderlei Polizeli, a festa de São João realizada em Ipanema é um destaque para o aspecto histórico-cultural do Município. “Tradições como essa, que já duram mais de dois séculos, são muito importantes e mostram a riqueza histórica e cultural existente em Iperó”, ressaltou.
 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar