Terça-Feira, 18 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< BRASIL Maranhão diz que vai recompensar o País com votações na semana que vem

Publicada em 29/06/2016 às 06:03
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP), anunciou ontem que vai tentar “recompensar o País” na próxima semana, em uma possibilidade de minimizar as críticas que recebeu depois que cancelou as sessões de votação por causa das festas juninas. 
 
Posteriormente, ele recuou da decisão e marcou uma sessão deliberativa para ontem. “Faremos esforço concentrado, trabalhando de segunda a quinta-feira, para que possamos oferecer ao País uma agenda positiva e dar andamento aos trabalhos.” 
 
Perguntado sobre a imagem da Casa, que ficará praticamente parada por 10 dias, considerando que na última semana, por causa das festas juninas, só houve um dia de votação, Maranhão afirmou que essa é uma demanda da bancada nordestina.
 
A confusão provocada por Maranhão começou na sexta-feira (24), quando decidiu anular as votações desta semana por conta das festas, para que os parlamentares das regiões Norte e Nordeste pudessem estar em seus Estados. 
 
Essas comemorações já haviam reduzido o ritmo da Casa na última semana, quando os deputados votaram apenas a medida provisória que trata da participação de estrangeiros no capital de empresas aéreas brasileiras. A matéria foi aprovada no dia 21.
 
Enquanto o Planalto apela apenas pelo avanço de matérias, como a que cria normas para definição e atuação de direitos executivos e conselheiros de fundos de previdência complementar, a Câmara ainda tem pela frente o recesso de julho.
 
Maranhão não se posicionou sobre o descanso, porém ponderou que vai avaliar. No retorno desse recesso, muitos parlamentares ainda não devem retornar integralmente a suas funções na Casa, já que alguns deputados disputam vagas nas eleições municipais. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar