Area Administrativa
Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

teste

buscar

<< REGIÃO Licenciamento Via Rápida já viabilizou abertura de 128 empresas em Mairinque

Publicada em 28/06/2016 às 05:40
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Em dois meses e meio de implantação no Município, o Módulo Estadual de Licenciamento do Via Rápida Empresa já viabilizou e facilitou a abertura de 128 empresas e MEIs (Microempreendedores Individuais) em Mairinque. O sistema, desenvolvido em parceria entre a Junta Comercial de São Paulo (Jucesp) e o Município, permite registro único e integrado entre Companhia Ambiental do Estado (Cetesb), Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros e Prefeitura.
 
Nesse período, conforme explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Manoel Justo, o prazo para análise do pedido de viabilidade da implantação de um negócio passou de quinze dias para menos de 24 horas. Segundo Justo, o tempo de fiscalização das empresas recém-abertas que era de trinta dias também foi reduzido para menos de uma semana. “Hoje há uma segurança jurídica maior para os empreendedores, pois a abertura só é efetivada depois da análise da viabilidade, o que evita que a iniciativa empresarial, por exemplo, contrarie o Plano Diretor. Antes disso – compara o secretário –, o empresário obtinha seu CNPJ e só depois pedia a viabilidade na Prefeitura, o que acarretava problemas da instalação em local inadequado”, justifica ele.
 
O prefeito Binho Merguizo acompanhou o balanço do novo sistema e complementou que, com a implantação do Via Rápida, “Mairinque  tornou-se um local atrativo para a abertura de novos negócios, pois a cidade disponibiliza um ambiente empresarial mais saudável para o desenvolvimento econômico do Município”.
 
CENTRO DE SAÚDE 2 E PRONTO-ATENDIMENTO OFERECEM INTERNET À população - O Pronto-Atendimento (PA) do Jardim Cruzeiro e o Centro de Saúde 2, na Vila Sorocabana, já contam com internet livre. Desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia da Informação (TI) da Prefeitura, o projeto “Mairinque Livre” permite Internet gratuita e de qualidade em diversos próprios municipais.
 
Os primeiros locais contemplados com o projeto foram os prédios do Paço Municipal, Secretaria Municipal de Saúde e Polo Cultural da Vila Barreto, onde o serviço pode ser acessado livremente por meio da rede wi-fi. A programação prevê que até o final do mês de agosto o Cemec e a Casa do Cidadão sejam contemplados com o mesmo benefício. A abrangência do sinal de wi-fi atinge todo o entorno dos prédios, a partir da posição dos rádios em relação ao dispositivo móvel utilizado pelo usuário. A diretora do Departamento de Tecnologia da Informação, Marcela Raboni, explica que “por mais que a navegação seja livre, nos preocupamos com as questões de segurança, por isso sites com conteúdo pornográfico, pedofilia e demais gêneros que ferem os direitos humanos estão bloqueados”. “Todas as redes sociais, como Facebook, Twitter, Youtube e sites de busca, conteúdo e pesquisa estão disponíveis”, acrescenta.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar