Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< ESPORTE Pacaembu terá um 'duelo olímpico' no clássico entre Santos e São Paulo

Publicada em 26/06/2016 às 08:25
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A 40 dias dos Jogos Olímpicos do Rio, o clássico entre Santos e São Paulo, neste domingo (26), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, terá como protagonistas dois possíveis convocados para seleções candidatas à medalha de ouro. Os artilheiros Gabriel e Calleri fazem no estádio do Pacaembu, na capital paulista, às 16 horas, a prévia de um eventual confronto entre Brasil e Argentina na Olimpíada.
 
Os dois jogadores são os artilheiros das respectivas equipes na temporada. Gabriel, com 10 gols, vive a expectativa de ser convocado pelo técnico Rogério Micale nesta quarta-feira. O santista de 20 anos é um dos favoritos a estar entre os 18 chamados, pelas passagens por categorias de base da seleção brasileira e pela participação na Copa América Centenário.
 
O argentino Calleri, autor de 15 gols pelo São Paulo, volta ao time após cumprir suspensão e ao contrário de Gabriel, não está tão seguro da convocação. Aos 22 anos, ele está na pré-lista de 35 convocados, porém enfrenta forte concorrência de colegas que atuam no futebol italiano como Icardi (Internazionale) e Dybala (Juventus).
 
Os dois principais nomes do clássico paulista marcaram três gols cada no Brasileirão e têm nos times a companhia de outros candidatos à vaga nas seleções olímpicas. Pelo lado do Santos, estarão em campo o lateral-esquerdo Zeca e o volante Thiago Maia O zagueiro são-paulino Rodrigo Caio vive situação semelhante à de Gabriel e é outro nome praticamente confirmado nos Jogos do Rio.
 
Fora a presença de possíveis jogadores olímpicos, Santos e São Paulo chegam ao clássico com campanhas parecidas e apenas um ponto de diferença entre si. A possibilidade de entrar no G4 do Brasileirão está em disputa.
 
Pela primeira vez desde março de 1999 as equipes vão se enfrentar no Pacaembu, local escolhido por iniciativa do Santos. As diretorias dos clubes selaram o acordo dos dois clássicos pelo Brasileirão serem realizados no estádio paulistano.
 
O objetivo inicial era tentar incluir também a torcida visitante, para marcar o jogo como um clássico da paz. Mas o Ministério Público preferiu não abrir exceção após ter determinado em abril que todos os clássicos paulistas teriam torcida única até o fim do ano por questão de segurança.
 
Para não desperdiçar a iniciativa, os dois clubes combinaram de fazer os jogadores compartilharem o mesmo ônibus para chegar ao Pacaembu. "Essa ação que faremos é para mostrar que a rivalidade fica só dentro de campo", comentou o volante Hudson, que se recuperou de lesão e deve ficar no banco de reservas. No Santos, a dúvida é se Lucas Lima será titular. O meia tenta recuperar a forma física ideal.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar