Terça-Feira, 18 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Servidores do Detran seguem com greve sem previsão para término Expectativa do sindicato é de que nova proposta seja apresentada hoje

Publicada em 24/06/2016 às 06:33
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Fernando Rezende)
Parados desde segunda-feira (20), os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) devem continuar em greve, sem previsão de término, afirma o delegado regional do Sindicato dos Cargos Administrativos de Carreira do Estado de São Paulo, Jessé Coelho.
 
Segundo ele, a proposta apresentada pelo Detran, de criar um grupo de trabalho para analisar os reajustes solicitados pelo Sindicato, foi rechaçada pelos servidores em assembleias na quarta-feira (22), quando se decidiram pela continuação da greve.
 
A expectativa do sindicalista é de que, após a notificação da decisão dos trabalhadores, o Detran volte a apresentar uma nova proposta hoje. Os servidores reivindicam reajuste de 28%, plano de carreira e aumento na bonificação por resultados de 8 para 20%.
 
Atualmente, 30% do efetivo estão trabalhando na sede do Detran em Sorocaba. O atendimento tende a sofrer as consequências da paralisação na próxima semana, quando ocorre a liberação de documentos emitidos pela autarquia. 
 
Por nota, o Detran diz esperar que as entidades grevistas cumpram, como havia sido acordado com os representes da categoria, a lei de greve, que garante a permanência parcial dos servidores públicos essenciais. 
 
O Departamento afirma, ainda, que as unidades estão operando em todo o Estado e garante que o atendimento ao cidadão está sendo feito. No entanto ressalta que os prazos para a emissão de documentos poderão ser ampliados por causa da paralisação.
 
A nota destaca também que o Detran já atendeu a uma das reivindicações da categoria, a concessão de vale-refeição, cuja licitação está em curso. “Mais de três mil profissionais serão beneficiados com o valor diário de R$ 23”, salienta o texto.
 
Para as categorias de oficiais de trânsito e oficiais administrativos lotados no Interior, o benefício representa um complemento de 18,33% em relação ao salário mensal. Já para os agentes de trânsito, equivale a um adicional de 11,24%.
 
“Ressaltamos que, em um momento delicado do País, com crise econômica e queda de arrecadação, qualquer reajuste salarial deve ser amplamente debatido e analisado para não comprometer o orçamento fiscal vigente”, diz parte da nota. 
 
O Detran orienta que, antes de se deslocar a um posto, o cidadão deve acessar o portal (detran.sp.gov.br) e conferir se o serviço que procura não está disponível online. Quase 30 serviços podem ser feitos pela internet, a exemplo da solicitação de 2ª via de habilitação. 
 
Outros serviços, como licenciamento e troca da 1ª habilitação pela CNH Definitiva, podem ser solicitados eletronicamente pela rede bancária; basta pagar a taxa do serviço no caixa eletrônico ou no internet banking junto com custo dos Correios. 
 
Ainda que o serviço não possa ser feito online, o Detran orienta que o usuário consulte no portal a relação de documentos e demais informações necessárias para cada procedimento. “Isso evita que o cidadão tenha de ir mais de uma vez à unidade.” 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar