Terça-Feira, 2 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< REGIÃO Tatuí anuncia a construção de três novas creches

Publicada em 21/06/2016 às 06:27
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(AI/PMT)
Um dos setores que mais cresce no município de Tatuí é a Educação. Em quase três anos e meio, já foram inauguradas sete. Nunca se construiu tantas creches em tão pouco tempo, garantindo a inclusão de mais de 840 novas crianças. Mas as conquistas não param. Além da nova unidade do Inocoop, que segue em ritmo acelerado de obras, a Prefeitura tatuiana acaba de confirmar a construção de três novas creches. Os novos bairros atendidos serão o Santa Cruz, o Residencial San Marinho e o Congonhal, este localizado na zona rural. O investimento total chega perto dos R$ 3,5 milhões. A licitação das obras será realizada já nas próximas semanas.
 
A unidade San Marino será construída na rua Cícero Tambeli e terá 2.474 metros quadrados no total, sendo 890 de área construída. Ela vai atender a demanda dos bairros Rosa Garcia 1 e 2, San Raphael e Vila Ezequiel. O investimento é fruto de parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura e chega a R$ 1.471.599,15, sendo R$ 173.560,98 de contrapartida do Município. Já a creche do Santa Cruz será construída ao lado da Unidade Básica de Saúde do bairro, na rua Santa Cruz. O terreno é de 2.265 metros quadrados, sendo 890 de área construída, e a creche vai atender também as crianças do Jardim Santa Emília e Jardim Lucila. O investimento é de R$ 1.457.435,70, também em parceria com o Estado, através do Programa Pró-Infância, com a contrapartida da Prefeitura no valor de R$ 159.397,53. 
 
De acordo com a secretária municipal de Educação, Cultura e Turismo, Ângela Sartori, as unidades vão beneficiar 240 crianças, de 0 a 3 anos. “Elas estão em locais estratégicos, onde a demanda por vagas é grande. Pensamos esses locais para acolher justamente as crianças do Santa Emília e do Rosa Garcia, que ganhariam unidades no seu bairro. Mas a empresa que foi licitada pelo governo federal, para a construção da creche no Santa Emília, acabou falindo, enquanto o terreno disponível no Rosa Garcia não foi aprovado. Importante mesmo é que a nossa educação vive um novo momento, de crescimento e, aos poucos, estamos conseguindo atender todas as necessidades da população e oferecendo um ensino de qualidade para nossos alunos”, completou. 
 
Além disso, outra creche será construída com recurso próprio no bairro Congonhal. A unidade está em fase de conclusão de projeto e deverá ter investimento de aproximadamente R$ 500 mil, para atender em média 60 crianças. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar