Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< POLÍCIA Falso cirurgião agia em Sorocaba e é preso pela PF

Publicada em 08/06/2016 às 05:35
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A Polícia Federal deflagrou a “Operação Ultrassom” ontem de manhã para combater a atividade irregular de medicina e crimes de uso de documento falso, falsidade ideológica e estelionato praticados por K.A.M., 42 anos. Ele era um médico-cirurgião que agia em Sorocaba.
 
Policiais federais cumpriram mandado de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão em Sorocaba e Votorantim. M. é acusado de falsificar o diploma de médico-cirurgião, no ano de 2005, de uma universidade na Bolívia, com sua indevida revalidação em Universidade Federal e apresentação perante Conselhos Regionais de Medicina em três Estados. O adido policial da Polícia Federal na Bolívia confirmou à Universidade que K.A.M. não foi estudante daquela instituição.
 
O médico constituiu empresa na cidade em 2013, cujo objetivo é a Atividade Médica Ambulatorial Restrita a Consultas, e atualmente prestava serviços elaborando exames de imagens num laboratório vinculado a um dos principais hospitais da cidade. As apurações terão seguimento para desvendar as clínicas e laboratórios em que o investigado atuou, a quantidade de pacientes atendidos e possíveis prejuízos financeiros e à saúde deles.
 
O nome da operação faz alusão à área médica em que o investigado estaria se dedicando na região, e ao fato de o aparelho ser utilizado para detectar falhas imperceptíveis ao ser humano.  
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar