Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< ESPORTE Corinthians recebe o instável Santos em clássico no Itaquerão

Publicada em 01/06/2016 às 02:58
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O clássico desta quarta-feira (1º de junho) no estádio Itaquerão, em São Paulo, às 21 horas, pela quinta rodada, reúne dois rivais em momentos distintos neste início de Campeonato Brasileiro. O Corinthians está em ascensão, vem de duas vitórias e já briga na parte de cima da tabela de classificação. Já o Santos, sem seus principais jogadores, patina e não vence há duas rodadas.
 
"O melhor momento é o nosso; mas isso não determina favoritismo. É um clássico", afirmou o técnico Tite, que conseguirá repetir a formação pela terceira vez consecutiva. É momento de ajustar o entrosamento da equipe que venceu Ponte Preta (3 a 0) e Sport (2 a 0).
 
Dorival Júnior preferiu o mistério e não divulgou a escalação. O time que entra em campo, no entanto, terá poucas modificações daquele que perdeu para o Internacional, em casa, por 1 a 0. O elenco é mais enxuto e o técnico do Santos não pode contar com Lucas Lima e Gabriel, na Seleção Brasileira, e Ricardo Oliveira, machucado.
 
Tite, que perde Elias para a Seleção, também tem problemas. O principal deles é o cansaço. O Corinthians disputará nesta quarta-feira o seu terceiro jogo em seis dias. O elenco, segundo o treinador, sentiu o desgaste físico.
 
Nesta terça-feira, nenhum titular treinou com bola nem sequer houve trabalho tático no campo, algo raro na véspera de jogos importantes. Havia o receio da comissão técnica de que algum atleta se machucasse. "Olhamos para a recuperação dos atletas, alguns deixaram o último jogo sentindo dores, quatro sofreram cãibras. Foi impossível realizar um trabalho tático", disse Tite.
 
O técnico aposta em seu trio de armadores: Guilherme, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel. Para o último será um jogo especial. Ele defendeu o time da Vila Belmiro em 2015, quando foi emprestado pelo Al-Nassr, da Arábia Saudita. O Santos tentou renovar a sua permanência, mas perdeu disputa com o Corinthians.
 
Já David Braz, zagueiro do Santos, admite que o Corinthians passa por um melhor momento, mas afirma que o time santista tem de jogar o clássico com "personalidade". "Não podemos jogar para ficar só na defesa", afirmou.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar