Area Administrativa
Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

teste

buscar

<< SOROCABA Concessionária de energia apoia ação para evitar acidentes de trânsito 600 mil clientes só da CPFL Piratininga ficaram sem energia nos últimos 12 meses por conta colisões contra postes

Publicada em 14/05/2016 às 22:12
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A imprudência, negligência e desatenção no trânsito não estão apenas entre as principais causas de acidentes no País. Levantamento produzido pela concessionária CPFL Piratininga, distribuidora do Grupo CPFL Energia responsável pelo atendimento de aproximadamente 1,5 milhão de consumidores, inclusive em Sorocaba e Votorantim, mostra que aproximadamente 600 mil clientes ficaram sem energia elétrica nos últimos 12 meses por conta de acidentes envolvendo colisões contra postes. Nesse período, a distribuidora, cuja área de concessão abrange 27 municípios do Interior e Litoral do Estado, registrou 1.767 mil ocorrências de colisões de veículos contra postes da rede elétrica, deixando, em média, 342 clientes sem luz por cerca de 4 horas. 
 
Dada à importância do tema para a sociedade brasileira e para garantir a qualidade e segurança do fornecimento de energia aos seus consumidores, a CPFL Piratininga está, assim, apoiando também a campanha do “Maio Amarelo”, movimento internacional que tem como proposta chamar a atenção para o alto número de mortes e feridos no trânsito e promover conscientização da população em prol da direção preventiva. 
 
A partir de ações institucionais para os públicos interno (colaboradores do Grupo, que, por sua vez, multiplicam o conhecimento adquirido para familiares e amigos) e externo, a companhia promove o engajamento dos seus públicos de interesse sobre o tema. O objetivo é promover uma reflexão sobre as atitudes no trânsito que, se evitadas, têm grande contribuição para reduzir o número de acidentes no País.
 
Ao longo do mês de maio, a CPFL está promovendo diversas ações de conscientização, tais como reuniões sobre o tema com seus colaboradores em todas as localidades onde atua; divulgação da mensagem do movimento “Maio Amarelo” na rede social (Facebook); instalação de iluminação amarela na entrada principal da sede da empresa, em Campinas, e colocação de cartazes para alertar os colaboradores sobre o tema em todas as instalações de empresas do Grupo. “O movimento `Maio Amarelo´ é uma ação permanente para todos, ou seja, os atos de prevenção no trânsito devem permanecer vivos durante todo o ano, não apenas no mês de maio”, esclarece o gerente de Segurança no Trabalho, Saúde e Qualidade de Vida do Grupo CPFL Energia, Márcio Mário Zidan. 
 
OS NÚMEROS - Números do Ministério da Saúde revelam a importância do tema para a sociedade brasileira. Em 2014, último dado disponível, o Brasil registrou 43,075 mil e 201 mil feridos hospitalizados em função de acidentes de trânsito. Além disso, foram pagas 52,2 mil indenizações por morte e 596 mil por invalidez. Esse quadro coloca o País como 5º colocado em número de mortes no trânsito, segundo o ranking elaborado pela Organização das Nações Unidas (ONU) com dados de 2013 (último realizado).
 
Em 2009, a ONU levantou 1,3 milhão de mortes por causa de acidentes de veículos em 178 países. A meta da entidade é reduzir esse número pela metade até 2020. Como símbolo desse processo, a ONU decretou, em 11 de maio de 2011, que o período entre 2011 e 2020 é a Década de Ação de Segurança no Trânsito. 
 
Com isso, o mês de maio se tornou referência mundial para promover uma reflexão sobre o tema, culminando na criação do “Maio Amarelo”. O movimento hoje está presente em 23 países de cinco continentes: Angola, Argentina, Austrália, Brasil, Camarões, Espanha, EUA, Holanda, Índia, Marrocos, México, Portugal, Quênia, Reino Unido, República Dominicana, Tunísia e Uruguai. 
 
DICAS IMPORTANTES - Ciente de que a redução do número de acidentes é uma responsabilidade de cada um, a CPFL Piratininga oferece, aliás, algumas dicas que ajudam a tornar o trânsito mais seguro: 
 
Sempre mantenha o veículo com a manutenção em boas condições, verificando o estado dos pneus, dos freios, dos faróis e dos retrovisores;
 
Não dirija sob o efeito do álcool, remédios ou qualquer outra substância tóxica. Nessas condições, utilize um táxi;
 
Quando estiver dirigindo um carro, cuidado com o farol alto. Você pode ofuscar a visão do motorista na via de sentido oposto;
 
Respeite sempre a sinalização de trânsito e os limites de velocidade das vias, em qualquer dia, local e horário;
 
Evite o uso do celular quando estiver dirigindo. Além de colocar em risco a vida dos pedestres e outros motoristas, a infração para quem é pego usando o celular na direção é considerada gravíssima;
 
Em caso de manobras, sinalize para os pedestres e os demais motoristas. Sempre mantenha distância segura do veículo à frente; e
 
Fique atento às condições da pista e do clima. Em caso de pista molhada ou de neblina, dirija com cuidado. Diminua a velocidade e mantenha a distância dos demais veículos.
 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar