Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< SOROCABA Três empresas são habilitadas para reforma de unidades do Cras

Publicada em 11/05/2016 às 06:43
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Assis Cavalcanti/Secom)
Também a Secretaria da Administração do Município está habilitando três empresas no processo licitatório para reforma de quatro Centros de Referência e Assistência Social (Cras). Vão receber melhorias as unidades do Jardim Nova Esperança, Brigadeiro Tobias, Vila Helena e bairro de Aparecidinha. No dia 29 de abril, representantes de quatro empresas entregaram os envelopes de habilitação (documentos) e proposta (preço) na Divisão de Licitação da Pasta. Os documentos foram juntados ao processo para julgamento pela Comissão Permanente de Licitação e, após análise, três empresas foram habilitadas e abriu-se prazo de cinco dias úteis para eventuais recursos. Os envelopes com as propostas de preço estão lacrados e devem ser abertos após o fim do prazo de apresentação de recurso. 
 
O valor total de licitação é de R$ 707.466,27 e para cada unidade existe uma quantia específica: Nova Esperança (R$ 165.530,09), Brigadeiro Tobias (R$ 292.482,89), Vila Helena (R$ 202.246,61) e Aparecidinha (R$ 47.206,68). A licitação é do tipo menor preço, ou seja, a empresa que estiver habilitada tecnicamente e apresentar o menor valor da obra vence a concorrência. O prazo para conclusão, após emissão da ordem de serviço e início das reformas, é de seis meses. Entre os serviços previstos, estão troca de esquadrias de ferro e madeira, melhoria dos forros e telhados, substituição de pisos externos e internos e pintura. Também ocorrerá manutenção nas redes hidráulica e elétrica.
 
O início das reformas vai depender de prévia autorização da Caixa Econômica Federal. Os recursos utilizados na obra são provenientes de emenda ao orçamento da União da ex-deputada federal Iara Bernardi.
 
O CRAS - O Cras é um instrumento de defesa de direitos da população. Funciona como uma porta de entrada do cidadão para todos os benefícios, sejam eles federal – como o Bolsa Família –, estadual ou municipal. A unidade verifica ainda outras necessidades das famílias em situação de alta vulnerabilidade social, tanto na área da saúde, como da educação e habitação. Cabe ao Cras fazer o encaminhamento dos seus assistidos à rede socioassistencial, formada pela própria estrutura pública e pelas entidades que têm convênio com a Prefeitura.
 
Sorocaba conta com dez unidades do Cras: Ana Paula Eleutério (Habiteto), Central Parque, Parque São Bento, Cajuru, Brigadeiro Tobias, Aparecidinha, Parque das Laranjeiras, Jardim Ipiranga, Nova Esperança e Vila Helena. Também está em curso a licitação para a construção de uma nova unidade, desta vez no Parque Vitória Régia.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar