Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< REGIÃO Toyota inaugura nova fábrica de motores em Porto Feliz Presença do governador Geraldo Alckmin demonstra que, na contramão da crise, empreendedorismo, planejamento e inovação levam ao sucesso

Publicada em 11/05/2016 às 06:38
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Na contramão da crise, numa atmosfera de empreendedorismo, planejamento, inovação e, sobretudo crença no futuro, a Toyota do Brasil inaugurou oficialmente nesta terça-feira (10), pela manhã, sua nova fábrica de motores na vizinha cidade de Porto Feliz. O complexo ocupa um terreno de 872.500 metros quadrados, junto ao Km 125 da Rodovia Marechal Rondon, sentido Interior-Capital, recebendo investimentos de R$ 590 milhões, empregando nesta fase inicial 320 colaboradores. 
 
A cerimônia inaugural recebeu mais de 500 convidados, com destaque ao governador do Estado, Geraldo Alckmin, assim como aos prefeitos de Porto Feliz, Levi Rodrigues, e de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio, o presidente do Legislativo portofelicense, José Eudes Antunes, o deputado federal Herculano Passos, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura local, Geraldo Almeida, e o diretor regional de Sorocaba da Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), o empresário Antônio Roberto Beldi, entre diversas outras lideranças empresariais, políticas e comunitárias da região.
 
O empresário Steve St. Angelo, CEO da Toyota para a América Latina, à frente do `staf´ de gestão da companhia no Brasil, com entusiasmo e grande espírito motivacional destacou durante o ato inaugural o compromisso do grupo japonês com crescimento da América Latina, fruto de uma estratégia de longo prazo. Demonstrando-se otimista, apresentou números saudáveis da Toyota em 2015, destacando também que até 2020 o Brasil, que representa 47% das vendas da empresa na América Latina, terá um acréscimo de 5% em sua população.
 
Enaltecendo a capacidade da mão de obra brasileira, St. Angelo informou igualmente, por outro lado, que o segmento automotivo o Brasil tem muito a se desenvolver ainda, firmando seu papel como uma potência econômica global. Comparativamente, acrescentou que nos Estados Unidos há oito veículos para cada 10 pessoas; na Indonésia, são 4; no México, 3; e no Brasil 2. “A América Latina tem 1,6 veículos para cada 10 habitantes”, festejou.
 
Koei Saga, sênior managing officer da Toyota Motor Corporation, declarou-se também muito feliz com a fábrica de Porto Feliz, pois trabalhou para esse objetivo anos, uma vez que houve um momento de indecisão, “mas pelo esforço de todos a fábrica está ai”.
 
`DESENVOLVIMENTO COMO SINÔNIMO DE PAZ´ - Em seu pronunciamento, o governador Geraldo Alckmin lembrou uma célebre frase histórica do  papa São João XXIII, que destacava que o Desenvolvimento pode ser apresentado como novo sinônimo da Paz, parafraseando que nos dias atuais também representa a Esperança. Depois de destacar ainda que a Toyota está no Brasil desde 1958, quando instalou sua primeira unidade por aqui em São Bernardo do Campo, na região do Grande ABC paulista, o governador repetiu o que disse anos atrás ao visitar uma planta fabril do grupo, devido a sua formação de médico, de que lembrava uma sala cirúrgica pelo seu elevado grau de limpeza. 
 
A fábrica de Porto Feliz possui a mais avançada e inovadora tecnologia de processos de produção, além de deter elevado grau de automação industrial, congregando máquinas de alta precisão dentro de cada estágio da linha de montagem automobilística, sendo uma das primeiras da Toyota a ter os três processos industriais dentro de um único local: fundição, usinagem e montagem. 
 
O presidente da Toyota do Brasil, Koji Kondo, por sua vez, fez questão de asseverar aos convidados que a “principal missão do nosso grupo não é apenas construir uma fábrica, mas sim deixar um legado para toda a sociedade brasileira. Esta planta de Porto Feliz é uma resposta do quanto acreditamos no potencial da região de Sorocaba e seu poder de recuperação”. “Como empresa cidadã, a Toyota quer contribuir para o desenvolvimento de um futuro ainda mais próspero para a indústria nacional”, resumiu.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar