Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< SOROCABA Município comemora Dia do Ferroviário

Publicada em 26/04/2016 às 06:49
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Secom/PMS)
A Secretaria da Cultura da Prefeitura, em parceria com a Sorocabana – Movimento de Preservação Ferroviária e a Academia Sorocabana de Letras, promove semana comemorativa ao Dia do Ferroviário (30 de abril), com uma programação especial entre esta quarta (27) e sexta-feira (29). O Dia do Ferroviário é comemorado em 30 de abril assinalando a inauguração da Imperial Companhia de Navegação a Vapor e Estrada de Ferro de Petrópolis ou, como é conhecida hoje, a Estrada de Ferro Mauá - a primeira linha ferroviária do Brasil, construída pelo Barão de Mauá -, ocorrida em 1854. 
 
Apesar de não muito utilizado e pouco lembrado atualmente, o transporte ferroviário teve grande importância na história do Brasil, seja no transporte de passageiros ou mesmo com relação ao de cargas, contribuindo para a própria construção do País. O transporte ferroviário também contribuiu com a história e desenvolvimento de Sorocaba, auxiliando na difusão do nome da cidade, inclusive após a criação da Companhia Estrada de Ferro Sorocabana em 1870, por empresários sorocabanos liderados pelo comerciante de algodão Luiz Mateus Maylasky.
 
A PROGRAMAÇÃO - A programação especial será realizada gratuitamente em três locais: Museu da Estrada de Ferro Sorocabana, Barracão Cultural e na Casa 52 (atual sede da Academia de Letras), todos nas proximidades da antiga Estação Ferroviária e, d.e acordo com a Secretaria da Cultura, todos os eventos são abertos ao público.
 
Nesta quarta-feira (27), a partir das 15 horas, o Museu da Estrada de Ferro Sorocabana abrirá ao público sua nova exposição temporária, “Traçados da Ferrovia: desenhos e projetos da Sorocabana”. A mostra exibe alguns projetos e desenhos técnicos que fazem parte do acervo arquivístico que está salvaguardado no Museu. Ainda amanhã, às 16 horas, será realizada uma roda de conversa no Museu entre ex-ferroviários, num bate-papo informal, com o objetivo de reviver memórias da Sorocabana. 
 
Na quinta-feira (28), as atividades ocorrem no Barracão Cultural. Às 19 horas, serão exibidos slides históricos. Já às 19h45, acontece o lançamento do livro “Locomotivas Elétricas da Companhia Paulista”, de Rafael Prudente Corrêa Tassi. Com 240 páginas e mais de 430 fotos, a publicação resgata a história da maior frota de locomotivas elétricas pertencente a uma única ferrovia brasileira, pioneira na introdução da tração elétrica no país. E, às 20h15, acontece a palestra “Tombamento do Complexo Ferroviário de Sorocaba”, com o arquiteto José Antônio Zagato, membro do Condephaat, instrutor do processo de tombamento histórico estadual das oficinas de vagões da antiga Estrada de Ferro Sorocabana.
 
Para encerrar, na sexta-feira (29), às 19h30, será exibido o filme "Mundança – Trem dos Mendigos" (1998), da diretora Alexandra Lima G. Pinto. O documentário inédito traz o último registro dos trens de passageiros em São Paulo. Já às 20 horas, o Grupo de Serenata “Naquele Tempo” se apresenta na Casa 52.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar