Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< EDUCAÇÃO Estudantes aprendem sobre combate a incêndio

Publicada em 26/04/2016 às 06:16
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Combate a incêndio foi o tema principal da primeira aula do Programa Bombeiro na Escola, que ocorre até esta quarta-feira (27), na Escola Municipal “Professor Amin Cassar”, no Jardim São Camilo. A ação é desenvolvida pelo 15º Grupamento de Bombeiros com apoio da Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação.
 
O curso faz parte do Programa Escola Saudável e é dado aos alunos do 5º ano da unidade escolar. Após conhecerem seu instrutor e coordenador do projeto, o cabo Rogério Rosa, neste primeiro dia de atividade cada aluno recebeu uma apostila com todas as orientações sobre combate a incêndio, prevenção de acidentes domésticos e primeiros socorros. Com uma temática voltada à garotada da faixa dos 10 anos de idade, o militar focou primeiro as possíveis causas de incêndio dentro de casa e depois em veículos.
 
Na oportunidade, os alunos aprenderam a manusear os extintores de incêndio, bem como identificar vítimas. “É importante que, ao localizar a vítima e verificar os sinais vitais, acione-se o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193”, explica o cabo.
 
Com 10 anos de idade, Kevin de Moraes, quer ser bombeiro quando crescer. “Gosto muito dessa profissão e hoje aprendi que, quando o incêndio for em parte elétrica, não pode jogar água”, disse o aluno. Kauan Torris, também de 10, gostou muito dessa primeira aula. Ele contou que aprendeu sobre incêndio e que as informações serão importantes. “Quando depararmos com essa situações de incêndio, devemos também ligar para os Bombeiros”, disse.
 
Segundo o cabo Rogério Rosa, o objetivo é preparar as crianças para dificuldades diversas. Ele aproveitou este primeiro encontro para orientar as crianças quando do momento certo de acionar os Bombeiros, e a forma de passar as informações corretamente.
 
Para a diretora da escola, Francine Menna, a atividade é muito importante para os alunos, pois se traduz em mais conhecimentos para que possam auxiliar em casos de acidentes ou até mesmo de doença. Já o gestor de Desenvolvimento Educacional do Programa Escola Saudável, Luís Gustavo Maganhato, diz que a proposta da ação é justamente a prevenção, daí a parceria com o Corpo de Bombeiros. “É de extrema importância este trabalho específico com as crianças”, salienta explicando que, quanto mais acesso à orientação, além de a criança ter condições de fazer um primeiro atendimento, saberá solicitar o socorro de urgência e emergência de forma eficaz.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar