Sábado, 7 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< POLÍCIA Mulher é assassinada a tiros por ex-companheiro

Publicada em 14/04/2016 às 07:42
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Divulgação)
Cássia Danieli dos Santos, 19 anos, foi assassinada a tiros à queima-roupa na noite de terça-feira, em sua casa, no Jardim Nova Esperança. Ela estaria grávida de alguns meses, e o autor teria sido o ex-companheiro, L. B., segundo informações de populares ouvidos pela Polícia Militar, que atendeu à ocorrência. 
 
De acordo com a PM, o crime teria sido praticado em torno das 19 horas, quando o suspeito teria estacionado seu carro Fiat / Palio na Rua Itanguá. Ele encostou a arma na cabeça da mulher, mas atirou à queima-roupa duas vezes em seu peito. Os tiros atravessaram Cássia, que acabou sendo socorrida por populares. O criminoso fugiu. Cássia foi levada à Unidade Pré-Hospitalar (UPH) Zona Oeste, onde faleceu. Policiais militares da 5ª Companhia atenderam à ocorrência. A Polícia Civil investiga o caso.
 
FEMINICÍDIO - É o segundo homicídio contra mulher no bairro em menos de uma semana. Na madrugada de terça-feira passada, dia 5, Maria José Dias Fonseca, 39 anos, foi morta com um tiro em meio a uma briga de vizinhos. Ela levou um tiro no pescoço, em uma casa da Rua Maria de Lourdes Ferreira, quando dois homens e duas mulheres estavam brigando na casa vizinha. Um deles estava armado. No meio da confusão, todos saíram para a rua, e um deles invadiu a casa de Maria. A mulher ficou na frente da linha de tiro, e foi baleada no pescoço.
 
A vítima chegou a ser socorrida com vida pelos atendentes médicos do Samu 192, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu ao chegar ao Pronto-atendimento da Zona Norte. A Polícia Militar só foi comunicada sobre o fato quando ela estava no PA. A Polícia Civil continua nas investigações desse crime. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar