Quinta-Feira, 2 de Julho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Mostra `Geometria e Figurativos´ revela novo olhar do impressionismo em formas geométricas

Publicada em 05/04/2016 às 06:39
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Divulgação)

Inspirada em grandes pintores do impressionismo, como Claude Monet (1840-1926) e Vincent van Gogh (1853-1890), a mostra “Geometria e Figurativos” apresenta uma nova perspectiva de cenas do cotidiano, objetos e de elementos da natureza com pinturas geométricas feitas em tinta a óleo. Será aberta nesta terça-feira (5) e segue até 1º de maio no Espaço Cultural do Pátio Cianê Shopping, no centro da cidade. A visitação gratuita pode ser feita diariamente, no horário habitual de funcionamento daquele centro de compras.

De autoria do artista plástico Eduardo Lages, os trabalhos podem chegar a mais de 1.700 variações de tons, contudo sem a utilização de cores puras em sua criação. Natural de Rancharia, interior de São Paulo, foi em Sorocaba, onde fixou residência, que Lages começou a trilhar o caminho da arte. Em outubro de 2015, o artista foi condecorado pelo Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba (IHGGS) com a Medalha “Lágrima da Terra”, em reconhecimento à doação do quadro em que retrata a casa onde viveu o sacerdote Monsenhor Luiz Castanho de Almeida,o historiador Aluísio de Almeida, na rua Ruy Barbosa, no bairro do Além-Ponte, hoje sede do Instituto.

“Tudo começou por acaso, ainda na adolescência, ao pintar uma ave para um concurso da escola onde estudava. E na jornada diária de trabalho solitário, entre pincéis, paletas e tintas, tenho sempre como companhia a música erudita. Considero-me um pintor sem rótulos e estilos, mas com forte ligação com a natureza e inspiração para pintar pássaros, borboletas e flores, com imagens sobrepostas”, exprime-se o artista plástico, lembrando que ao serem admiradas suas obras encantam pela riqueza de detalhes e cores alegres, revelando formas diferentes para cada observador e parecendo ter movimento, como em um caleidoscópio.

Em passagem pela Europa, visitando museus e admirando de perto as obras de suas referências, Eduardo Lages teve algumas de suas obras expostas em Portugal e em Paris durante a “Semaine d’artBrésiliense à Paris”, na GalerieArtitude. Atualmente, suas obras são comercializadas no Brasil, nos Estados Unidos e em alguns países da Europa.
 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar