Sábado, 7 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Região de Sorocaba é responsável por 4,5% do faturamento de supermercados no Estado

Publicada em 05/03/2016 às 08:09
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Fernando Rezende)
A região de Sorocaba foi responsável por 4,5% do faturamento do setor de supermercados em 2015, o que equivale a aproximadamente R$ 4,2 bilhões, informou o diretor regional do Associação Paulista de Supermercados (Apas), Marcos Leandro Tozi, na manhã de ontem, quando do lançamento a nível local e regional da 32ª Feira e Congresso de Gestão Internacional, que ocorre entre os dias 2 e 5 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo. Ainda de acordo com o ele, o setor de supermercados de Sorocaba faturou sozinho, no ano passado, R$ 1,2 bilhões, o que equivale a 28% da região e 1,3% do faturamento de todo o Estado de São Paulo. “Aqui também empregamos aproximadamente 23 mil colaboradores e, assim, a região desponta como uma das principais  entidades econômicas do nosso País”, destacou Tozi.
 
Também presente na coletiva, o presidente estadual da Apas, Pedro Celso Gonçalves, destacou, porém, que a crise tem afetado diretamente todo o setor, que enfrenta a resistência de um consumidor mais econômico. “Ao contrario do que muita gente pensa, o supermercado sofre também com a crise, porque nós não vendemos só alimento básico, mas vendemos alimentos também que facilmente o consumidor deixa de consumir, como iogurte e chocolate, ou que pode substituir por outros”, conta Gonçalves. 
 
Segundo o diretor regional Marcos Leandro Tozi, essa postura já é sentida nos supermercados locais também. “Nós sentimos uma mudança no hábito, como na frequência do consumidor nas lojas”, asseverou.
 
Embora sejam mais frágeis à crise econômica  que vem se alastrando pelo País, os pequenos e médios mercadistas não enfrentam dificuldades maiores que os grande e eles até consegue se sobressair desta situação devido à fidelização da clientela e um menor custo com funcionários, admitiu igualmente Tozi.
 
A FEIRA – “Perspectivas e Oportunidades” foi o tema escolhido para pautar a 32ª Feira e Congresso de Gestão Internacional que a Associação Paulista de Supermercados realiza no início de maio e que objetiva trazer novidades e apontar tendências, além de estimular negócios e parcerias entre fornecedores e supermercadistas. 
 
Consagrada como a maior feira de supermercados do mundo, a Apas´2016 reunirá, em quatro dias de evento, empresários, executivos de supermercados, atacadistas e varejistas de todo o Brasil e do Exterior. Ao todo, serão 65 mil metros quadrados de área de exposição, para abrigar mais de 600 expositores nacionais e internacionais, vindos de diversos países. A Apas estima gerar negócios da ordem de R$ 6 bilhões. A expectativa é, aliás, de que a edição supere a anterior, baseada nos mesmos pilares para fazer um evento completo: Feira, Congresso e Arena do Conhecimento.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar