Sábado, 24 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Carrapatos fecham unidade que atende a menores infratores

Publicada em 03/03/2016 às 07:13
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Os fios furtados abasteciam a unidade com energia elétrica (Divulgação / GCM)
O Núcleo de Acolhimento Integrado de Sorocaba (Nais) é uma unidade que  reintegrava adolescentes, de 12 a 21 anos, que tiveram algum conflito com a lei, mas foi fechado por conta de atividades de carrapatos de capivaras no local. Os artrópodes transmitem a febre maculosa. No mês passado, o Nais encerrou-se. A infestação acabou com as intenções do projeto – assistência com atendimentos multidisciplinar, envolvendo assistente social, terapeuta ocupacional, psicóloga e profissional de Educação Física para os menores e suas famílias.
 
A Prefeitura de Sorocaba alega que o imóvel onde existia o Clube do Nais (Avenida Comendador Pereira Ignácio, 2.239) está infestado de carrapatos-estrela por causa das capivaras que vivem na área. O valor que era gasto em aluguel alcançava R$ 18 mil por mês. Três entidades ficaram com o encargo de continuar os trabalhos sociais que o Nais oferecia, a Associação Educacional e Beneficente Refúgio (Regional Norte), Serviço de Obras Sociais – SOS (Regional Sul/Leste) e Centro Social São José (Regional Oeste). 
 
O Nais conquistou o 1º lugar na categoria de Proteção Social Especial de Média Complexidade, em 2014, e foi reconhecido pela Secretaria do Desenvolvimento Social do Governo de São Paulo como uma prática bem-sucedida e inovadora. Apresentado na 1ª edição do Fórum Global Ethics (Sigef 2014), em Genebra, na Suíça, no mesmo ano, também ganhou reconhecimento internacional pelo projeto.
 
AÇÃO CIVIL PÚBLICA - A promotora da Vara da Infância e Juventude de Sorocaba, Ana Alice Marques, vai entrar com uma ação civil pública contra a Prefeitura de Sorocaba, no início da próxima semana, em função do fechamento do Nais. O Ministério Público (MP) alega que as entidades contratadas não oferecem os atendimentos que eram prestados no Nais.
 
BOX....................
 
Jovem é detido por furto 
em unidade do Caps AD III
 
C.A.V., 21 anos, foi detido por furtar fios de energia da unidade Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD III), localizado na Vila Angélica. A unidade desenvolve um trabalho social parecido com o que o Nais promovia. Um chamado da Central de Operações e Inteligência (C.O.I.) da GCM indicou uma pessoa ouvindo barulhos estranhos vindo da unidade, e uma equipe de Patrulhamento Comunitário foi designada para averiguar a situação.
 
O barulho partia da caixa de energia elétrica do Caps, e o prédio ficou às escuras. Ao chegar ao local, os guardas viram a caixa de força arrombada. Um patrulhamento pelas proximidades achou C.A.V., que estava empurrando um carrinho de reciclagem. Ele levava um alicate turquesa e mais de 50 metros de fio do lugar. O rapaz atuou junto com um comparsa, mas ele não sabia dizer o nome do homem nem o local para onde ele seguiu, pois tomaram direções distintas após o fato. O rapaz foi indiciado por furto qualificado e recolhido ao Centro de Detenção Provisória.
 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar