Domingo, 16 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Artistas devem concluir em breve grafite em pá eólica

Publicada em 14/02/2016 às 06:49
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Secom)
Os artistas sorocabanos Will Ferreira e Michel Japs, do Fite Art, pretendem concluir nos próximos dias a pintura da pá eólica instalada na Praça da Biodiversidade. Desde segunda-feira (8), eles passaram a pintar o outro lado do "painel", que é fruto de uma parceria com a Secretaria de Meio Ambiente. O trabalho artístico, contam os dois rapazes, tem sido bastante elogiado pelas pessoas que circulam próximo ao local. Na etapa atual da produção, as cores roxa e vermelha de uma mistura de pássaros, como descreve Japs - responsável pelo desenho -, chamam a atenção do transeunte. De acordo com ele, faltam apenas alguns detalhes para finalizar sua parte. Por outro lado, Ferreira prefere nomear sua figura, já concluída, como um "ser híbrido", com aparência semelhante à de uma medusa. 
 
Os artistas consideram o trabalho uma obra de arte e, segundo eles, tem sido cumprido conforme o projeto inicial. "É uma obra em cima de outra obra. Tira um pouco da ideia de uma cidade cinza e traz à tona a importância do meio ambiente", argumenta Ferreira. Embora trabalhem juntos há pelo menos seis anos, a dupla avalia a produção artística em questão como uma das mais importantes de suas respectivas carreiras. "É muito bacana porque o suporte é extremamente inusitado. A gente fez uma pesquisa breve e não encontrou ninguém que tenha feito algo parecido, numa pá eólica", cita Japs, destacando que a pá tem aproximadamente 40 metros de extensão. 
 
Quem passa perto da Praça da Biodiversidade vê com bons olhos a arte feita pelos sorocabanos. A auxiliar de cozinha Rosemeire Domingos dos Santos, moradora da zona norte, costuma passar pelo local de ônibus e sempre observa o painel. "De dentro do ônibus o pessoal fica encantado, vários esticam o pescoço para poder ver melhor", afirma. O soldador James Edson de Almeida, que trabalha num comércio próximo, também aprova o projeto artístico. "Deveriam ser incentivados mais trabalhos como o que estão fazendo na pá. Assim haveria menos pichação, que é muito feia.”
 
PRAÇA - Implantada numa área de aproximadamente seis mil metros quadrados, localizada na marginal direita do rio Sorocaba, entre as pontes do Pinga-Pinga e Fernando de Luca Neto, a Praça da Biodiversidade é um espaço conceito no qual elementos da flora local e outras estruturas estão sendo implantados com o objetivo de possibilitar abrigo e alimentação para animais nativos da região, particularmente pássaros.
 
A pá eólica, que foi instalada como elemento estético da Praça da Biodiversidade, mede cerca de 40 metros e pesa mais de quatro toneladas; está apoiada horizontalmente numa pequena ilha rodeada por um brejo. A implantação da praça integra os projetos prioritários do Programa “Sorocaba, a Cidade da Biodiversidade”, lançado em junho de 2015 pela Prefeitura. O programa pretende fomentar medidas ousadas e inovadoras com relação à biodiversidade para assegurar os ecossistemas.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar