Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Acusado de gerenciar tráfico na zona leste é detido pela GCM

Publicada em 03/02/2016 às 04:55
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Divulgação/ Guarda Civil)
Um homem de 39 anos, acusado de gerenciar o tráfico de drogas na Vila Haro, foi detido pela Guarda Civil na noite de segunda-feira (1º). O indivíduo foi flagrado por agentes da Ronda Municipal (Romu) na Rua Pedro Nolasco. Ele tentou fugir, jogando uma sacola com objetos, mas acabou abordado.
 
Na sacola, os guardas apreenderam uma garrucha de calibre 22, 41 porções de maconha e R$ 79 em dinheiro. O indivíduo confessou que traficava no bairro há dois meses e foi levado ao Plantão Policial Sul, onde foi autuado por tráfico e porte ilegal de arma de fogo, sendo encaminhado ao sistema prisional. 
 
MAIS CASOS – Na tarde de segunda-feira, a equipe do programa de Rádiopatrulhamento da Polícia Militar apreendeu um adolescente com drogas no Jardim Vitorino, em Iperó. Os soldados Marcelo, Fábio e Barta passavam na Rua Edson Sartorelli, próxima aos prédios da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano, quando viram o rapaz suspeito num ponto conhecido pela venda de drogas. 
 
O jovem foi cercado e lhes entregou uma bolsa de óculos de Sol contendo dez pinos de cocaína, 72 porções de maconha e mais duas grandes porções do mesmo entorpecente que ainda seriam embaladas. 
 
O adolescente alegou ter recebido as drogas de um fornecedor, mas não informou sua identidade nem o local onde moraria. Ele foi levado à delegacia, autuado em flagrante e encaminhado à Fundação Casa. 
 
Em Sumaré, a Polícia Civil prendeu três homens integrantes de um esquema envolvendo roubo de cargas, chácaras e tráfico de drogas. Eles foram flagrados transportando 264 tijolos de cocaína, mercadoria avaliada em R$ 6 milhões. A ação ocorreu no final da noite de segunda-feira.
 
O material estava em um fundo falso na carroceria de um caminhão bitrem. A quadrilha vem sendo investigada há seis meses. A prisão contou com a participação dos policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar