Area Administrativa
Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

teste

buscar

<< Boituva recicla 6.653 pneus durante 2015  

Publicada em 07/01/2016 às 02:08
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(AI/PMB)
Entre os resíduos que um veículo automotivo (ou de carga ou motocicletas) produz durante a sua vida útil, os pneus são um dos principais. Em vista disso, a Prefeitura de Boituva desenvolve um projeto voltado para o recolhimento desses itens e destinação do mesmo, auxiliando assim no cuidado com o meio ambiente. De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, durante o ano de 2015 foram coletados 6.653 pneus, sendo 4.978 de carros de passeio, 856 de veículos de carga e 819 de motocicletas.
 
Para a destinação desse material, a Prefeitura estabeleceu parceria com a entidade Reciclanip. O Município disponibiliza um ponto de coleta e a empresa realiza o transporte dos pneus para destinações homologadas pelos órgãos competentes, sem custos para a Prefeitura. A iniciativa ajuda os donos de borracharia e os munícipes a dar o destino correto e seguro a estes materiais.
 
Para os próximos anos, espera-se que este número aumente, já que são realizadas periodicamente campanhas educativas sobre a conscientização do descarte correto destes materiais.
 
O Eco Ponto para recebimento desse material está localizado na rua Antônio Galvão Pacheco, 270, no Parque Nossa Senhora das Graças. 
 
A RECICLAGEM DE PNEUS - Com as tecnologias modernas existentes hoje, quase 100% de um pneu pode ser reciclado e, dessa forma, descartar pneus em aterros sanitários ou incinerá-los é um desperdício de matéria-prima e contribui para desmatamentos, poluição ambiental e extração de ferro, na medida em que a fabricação de pneus necessita desses materiais.  No Brasil, uma das formas mais comuns de reaproveitamento dos pneus inservíveis é como combustível alternativo para as indústrias de cimento. Outros usos dos pneus são na fabricação de solados de sapatos, borrachas de vedação, dutos pluviais, pisos para quadras poliesportivas e pisos industriais, além de tapetes para automóveis. 
 
Mais recentemente, surgiram estudos para utilização dos pneus inservíveis como componentes para a fabricação de manta asfáltica e asfalto-borracha, processo que tem sido acompanhado e aprovado pela indústria de pneumáticos. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar