Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< 'Operação Sorocaba 9' prende 168 pessoas Ação ocorreu nos 18 municípios que abrangem a Delegacia Seccional de Sorocaba

Publicada em 26/11/2015 às 01:11
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Fernando Rezende
 
A Polícia Civil prendeu 168 pessoas na nona edição da “Operação Sorocaba”, desenvolvida em 18 municípios da região. Os mandados de prisão foram cumpridos entre as 5 horas de terça-feira (24) e às 10 horas desta quarta-feira (15), com a participação de 17 delegados, 98 policiais civis em 33 viaturas e 35 unidades especializadas. 
 
De acordo com o delegado seccional, Marcelo Carriel, a maior parte das prisões deu-se por crimes como tráfico de drogas, homicídio, latrocínio (roubo seguido de morte), roubo e furto. Do total de pessoas detidas, 102 foram por mandados de busca e apreensão, nove recapturadas e 24 detidas em flagrante (em sua maioria por tráfico e receptação). Cinco adolescentes foram apreendidos em flagrante e outros nove por mandados de busca e apreensão; todos foram encaminhados à Fundação Casa. 
 
Na ação foram apreendidas seis amas de fogo, entre revólveres e pistolas com a numeração raspada. Também foram recuperados 22 veículos. Segundo o delegado, não foi registrada nenhuma ocorrência de destaque nesta edição. “Cumprimos os mandados em todas as cidades que abrangem a área seccional, mas nenhuma prisão teve destaque. O que podemos salientar é que 60% das detenções ocorreram em Sorocaba.”  
 
Além dos resultados da ação de ontem, o delegado divulgou índices criminais que tiveram redução na cidade. Os homicídios diminuíram 25% em outubro, em comparação com setembro. No mesmo período, os furtos e roubos de veículos caíram 23%. Já os crimes contra a vida, como latrocínios e homicídios, tiveram queda de 75%. 
 
Conforme o delegado Carriel, a "Operação Sorocaba" começou em março deste ano e continuará nos próximos meses. Em dezembro, a Polícia Civil pretende divulgar um balanço total das prisões feitas ao longo do ano. “No próximo mês, faremos um dado comparativo com o número de prisões realizadas desde a primeira operação, para fecharmos o ano”, afirmou.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar