Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Gramado da Vila preocupa Santos para primeiro jogo da final da Copa do Brasil A preocupação com a condição do gramado deve-se a sua utilização nos últimos dias

Publicada em 25/11/2015 às 01:11
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Conteúdo Estadão
O técnico Dorival Júnior ganhou uma preocupação extra para a decisão da Copa do Brasil contra o Palmeiras, nesta quarta-feira (25), às 22 horas, na Vila Belmiro. O comandante do time do Santos está muito preocupado com a condição do gramado, que tem sido muito utilizado nos últimos dias.
 
A casa alvinegra é o palco dos jogos do Santos não só do time profissional, como também dos garotos das categorias de base, que também estão em fase final do Campeonato Paulista da categoria e têm jogado as partidas nos fins de semana.
 
Na partida contra o Flamengo, na quinta-feira passada, o gramado já estava desgastado. Diversas vezes os jogadores dividiam a bola e subiam placas da grama. “Pegamos um campo destruído em razão da sequência de jogos que lá está tendo. Temos de nos preocupar com as condições do gramado e do adversário”, disse o treinador. 
 
A preocupação de Dorival é que o Santos, que tem um time muito leve e de toques rápidos, com um campo desfavorável, torna-se mais um adversário. A ideia é tentar aproveitar o fato de o primeiro jogo ser em casa, onde a equipe vem de 16 jogos invictos.
 
Mas os dois últimos jogos do Santos no Brasileirão causaram preocupação; na Vila, o empate sem gols e jogando mal com o Flamengo e, na última rodada, derrota por 1 a 0 para o Curitiba, fora de casa e com os reservas. Por causa disso, na segunda-feira, o dia foi de silêncio entre os santistas. 
 
Diferentemente do habitual, os jogadores não concederam entrevistas após o desembarque vindo de Curitiba. Nesta terça-feira (24), o treino foi aberto apenas nos primeiros 15 minutos de atividade e o experiente volante Renato  deu entrevista coletiva.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar