Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Falcão quer título sul-americano para 'salvar' 2015

Publicada em 25/11/2015 às 01:11
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A temporada de 2015, definitivamente, quer ser esquecida pelo craque Falcão, camisa 12 do Sorocaba Futsal Brasil Kirin, e da Seleção Brasileira. Depois de um 2014, quando estreou em Sorocaba com vários títulos como da Liga Paulista e Nacional, a temporada atual não vai deixar saudade para o melhor jogador de futsal de todos os tempos. 
 
Falcão teve a lesão mais grave da carreira na temporada e pouco entrou em quadra no ano. Também viu frustrados os seus planos de buscar por Sorocaba o bicampeonato estadual e nacional, e, assim, como não conseguiu chegar à sua 11ª final consecutiva na Liga Nacional e ao sétimo título seguido do torneio. 
 
“Este foi um ano para esquecer. Uma lesão séria em maio, e foram quase quatro meses para me recuperar. Quando consegui recuperar, não tive o tempo certo para ficar 100%, pois estávamos em uma fase complicada de classificação”, disse Falcão, que seguiu no seu desabafo: ”E assim foi, empurrando, jogando, sabendo que ia machucar de novo, dosando no banco para tentar algo em momentos cruciais das partidas; assim, contando os quatro meses parados e mais quatro empurrando com a barriga. O pior ano da minha carreira, terminando com mais uma lesão no último jogo”, reclamou.
 
Falcão tenta, no entanto, fechar o ano com um título internacional. Sorocaba está nas finais da Libertadores, e dias 4 e 5 de dezembro encara o Real Bucaramanga, da Colômbia, na cidade de Itapetininga. “Que 2016 supere 2015”, disse o craque, que busca, agora, a recuperação total de uma lesão na coxa.
 
As finais da da Taça Libertadores, o Campeonato Sul-Americano de Futsal entre o Sorocaba Futsal Brasil Kirin e o Real Bucaramanga, da Colômbia, ganhadores das regiões 1 e 2 da competição no primeiro semestre deste ano, ocorrerão no Ginásio Ayrton Senna, às 19h30, com transmissão ao vivo pela Sportv. Será considerado campeão aquele que somar maior número de pontos nos dois jogos. Caso haja empate nos confrontos, o título será decidido através de cobrança de pênaltis até ser proclamado o vencedor. Haverá cobrança de ingressos com valor que ainda será definido pela Comissão Organizadora.
 
A capacidade do local é de 3 mil lugares. Em 2014, o Atlético/Erechim conquistou o campeonato ao vencer por 3 a 2 o time argentino do Boca Juniors, na cidade de Erechim, Estado do Rio Grande do Sul. O Campeonato Sul-Americano de Clubes de Futsal é promovido pela Confederação Sul-Americana de Futebol em parceria com a Confederação Brasileira de Futsal e Secretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura de Itapetininga.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar