Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Parque Tecnológico e Unesp lançam chamada inédita para automação de produtos e processos Propostas podem ser submetidas pelas empresas até 31 de janeiro de 2016

Publicada em 24/11/2015 às 01:11
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Divulgação
O Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS) e Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) lançaram, na manhã desta segunda-feira (23), uma chamada inédita voltada à área de automação de produtos e processos. A iniciativa tem o objetivo de incentivar e apoiar o desenvolvimento tecnológico e a transferência de tecnologia para o setor produtivo. 
 
As empresas escolhidas terão suporte técnico da universidade, que conta com mais de 3.500 doutores em seu quadro de pesquisadores, para repensar e aprimorar seus produtos e processos. Os desenvolvimentos poderão ocorrer utilizando instalações, equipamentos e recursos humanos da própria universidade, o que representa uma mudança significativa em relação ao modelo tradicional de desenvolvimento. 
 
Serão selecionadas propostas de empresas para o desenvolvimento e aprimoramento de produtos ou processos utilizando competências da universidade nas seguintes áreas de conhecimento: automação, controle, robótica, inteligência artificial, eletrônica, energia, visão computacional, software, mecânica e fluidos. 
 
Conforme o professor Alexandre da Silva Simões, pesquisador do Grupo de Automação e Sistema Integráveis (Gasi) na área de robótica e inteligência artificial e um dos idealizadores da ação, essa chamada tem potencial para provocar uma revolução nos processos de inovação. “Toda indústria tem produtos ou processos que podem se tornar melhores, mais baratos, rápidos ou confiáveis através da automação.” 
 
Simões explica, ainda, que toda vez em que se embarca elementos da eletrônica, microcontroladores ou softwares em um dos produtos, novas portas abrem-se para o desenvolvimento da indústria nacional. Ele salienta também que a grande dificuldade para que essas inovações concretizem-se, muitas vezes, é a falta de profissionais, tempo ou conhecimentos necessários. 
 
“A parceria com uma universidade como a Unesp, com mais de 3.500 doutores e 1.900 laboratórios, vai mudar essa realidade. As empresas terão a sua disposição tanto técnicas e tecnologias de ponta quantos custos bastante reduzidos. Do lado da universidade, os docentes poderão direcionar seus trabalhos de pesquisa para, efetivamente, apoiar o desenvolvimento do mercado nacional”, diz Simões. 
 
O professor Antônio César Germano Martins, líder do Gasi, esclarece que esse grupo desenvolve pesquisas nas áreas de automação, análise e condicionamento de energia elétrica, robótica, eletrônica de potência, energias renováveis, processamento de imagens, sistemas de controle automático, embarcados e inteligentes. “Essa chamada pretende aproximar a academia do setor produtivo, permitindo conhecimentos”, expõe Martins. 
 
Já Júlio Cezar Durigan, reitor da Unesp, destaca a importância da iniciativa. “A universidade oferece, neste tipo de ação, aquilo que ela tem de melhor, que são seus professores e técnicos qualificados, além de equipamentos especializados. Mostra, assim, para a comunidade empresarial, para a cidade e região, seu potencial, assumindo um papel de liderança acadêmica e se firmando como um importante parceiro de maneira ética e transparente.”  
 
O presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), Rubens Hungria de Lara, afirma ser motivo de satisfação o apoio a esse projeto “tão importante e representativo da missão do Parque, que é contribuir para a colaboração produtiva entre a universidade e as empresas, gerando benefícios para a sociedade como um todo”. 
 
As propostas podem ser submetidas pelas empresas até 31 de janeiro de 2016. Informações adicionais são obtidas no endereço (inovasorocaba.org.br) ou pelo e-mail (pts@sorocaba.unesp.br). Qualquer empresa formalmente estabelecida, de qualquer porte ou área do conhecimento, pode submeter propostas de automação para seus produtos e processos.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar