Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Mortes no trânsito caem 15,84% no Estado Ao menos 1.583 pessoas deixaram de ser feridas no trânsito em agosto

Publicada em 13/10/2015 às 00:10
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Arquivo DS/ Fernando Rezende
Os últimos dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) mostram que as ocorrências de homicídios culposos e dolosos por acidente de trânsito caiu 15,84% em agosto. A quantidade de vítimas feridas sem intenção recuou 13,61% quando há comparação de 2015 com o mesmo mês do ano passado.
 
A principal redução é referente aos homicídios não intencionais causados em acidentes. O total passou de 376 para 322 ocorrências, numa queda de 14,36%. Foram 54 casos a menos que o observado em agosto do ano passado.
 
No oitavo mês do ano, houve 77,78% menos registros que no período equivalente de 2014; o total passou de nove para dois. O aumento da fiscalização de ruas e rodovias estaduais ajudou a poupar essas vidas.
 
Em todo o Estado, também recuaram os registros de lesão corporal culposa em acidentes de trânsito. A quantidade diminuiu de 11.628 para 10.045 casos, ou seja, 13,61% a menos. Com isso, ao menos 1.583 pessoas deixaram de ficar feridas, considerando que cada ocorrência pode ter mais de uma vítima.
 
De janeiro a agosto, as ocorrências que terminaram com mortes intencionais ou culposas no trânsito baixaram 20,22%. A quantidade de vítimas feridas sem intenção recuou 12,48% quando há comparação de 2015 com os mesmos oito meses do ano passado.
 
CAPITAL E INTERIOR - O número de mortes em acidentes de trânsito caiu 25,49% na cidade de São Paulo em agosto. A quantidade de vítimas feridas nas ruas da Grande São Paulo foi reduzida em 11,82% no mês, na comparação com agosto de 2014.
 
O Interior paulista também reduziu as mortes no trânsito em agosto. As ocorrências recuaram 17,63% no mês, na comparação com o mesmo período do ano passado. Também a quantidade de vítimas feridas diminuiu 13,76% em igual comparativo.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar