Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Detran faz leilão online de mais de 600 veículos

Publicada em 25/09/2015 às 03:09
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran) faz nesta sexta-feira (25) um leilão de carros apreendidos por infrações de trânsito em Sorocaba. No total, poderão ser arrematados 667 veículos, entre eles 19 com direito a documentação, ou seja, que podem voltar a circular; os demais são destinados ao desmonte para revenda das autopeças ou reciclagem. O número, no entanto, está sujeito a alterações, pois o proprietário pode regularizar a situação de seu veículo e retirá-lo do pátio.
 
O leilão será exclusivamente online, a partir das 10 horas. Já é possível apresentar lances no site do leiloeiro responsável (sumareleiloes.com.br). Os veículos já puderam ser visitados por possíveis compradores ontem, podendo ser visto novamente hoje, das 8 às 10 horas. Os lotes ficam no Pátio Guincho 9 de Julho, na Rua Ângelo Vial, 67, Jardim Helena Cristina, e Pátio Fast Help, na Avenida Comendador Pereira Ignácio, 2.220, Jardim Santa Fé. 
 
Pessoas físicas podem adquirir apenas veículos com direito a documentação. O pagamento deve ser feito à vista. Após o arremate de um bem com direito a documentação, os débitos ficam quitados e é necessário emitir novo documento para o veículo.
 
Já os veículos destinados a desmonte e reciclagem só podem ser comprados por empresas do setor que já tenham solicitado credenciamento ao Detran. Essas empresas precisam comprovar ter condições de fazer todos os procedimentos necessários depois do arremate, como equipamentos adequados para desmonte e descontaminação dos veículos (retirada de combustível, óleo do motor e do freio, baterias e pneus), evitando a contaminação do solo.
 
REGRAS – Os leilões são feitos conforme determina a legislação federal. Atualmente, o veículo apreendido por infração às leis de trânsito (falta de licenciamento, por exemplo) pode ser levado a leilão público caso não seja reclamado por seu proprietário no prazo de 90 dias, exceto os que têm pendência judicial.
 
A partir de 2016, o veículo apreendido por infração às leis de trânsito poderá ser levado a leilão público caso não seja reclamado por seu proprietário no prazo de 60 dias. A alteração foi estipulada pela lei federal 13.160, sancionada em 25 de agosto deste ano.
 
Quando o veículo é destinado a leilão, o proprietário é notificado e tem prazo para reavê-lo. Caso não se pronuncie, ele é notificado por edital, publicado uma vez no "Diário Oficial do Estado" e no portal do Detran (detran.sp.gov.br), dando novo prazo para a retirada do veículo, após a quitação dos débitos existentes e das despesas com a remoção e estadia no pátio. Depois de todas as notificações, se o proprietário não fizer a retirada, o veículo pode ser relacionado para leilão.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar