Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Procurado por latrocínio em Itu é preso em Sorocaba Segundo a polícia, Sérgio Antônio de Alcântara Júnior roubou uma moto e matou a vítima em seguida

Publicada em 25/09/2015 às 02:09
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Procurado pelo crime de latrocínio em Itu, praticado em setembro deste ano, Sérgio Antônio de Alcântara Júnior, vulgo ”Zinho”, 19 anos, foi capturado na zona norte de Sorocaba, na quarta-feira (23). Sua prisão foi feita através de uma investigação, comandada por agentes do 8º Distrito Policial (DP), que descobriram a participação do rapaz em um roubo, na mesma cidade, com ajuda de mais dois homens, também detidos. 
 
Segundo os policiais, Sérgio é suspeito de matar o operador de embalagem Anilson Lima de Miranda, de 31, no dia 1º de abril de 2014, em Itu. A vítima pilotava uma Honda CB 300 pela Vila Gatti e parou na Avenida Galileu Bicudo para conversar com uma amiga que caminhava. 
 
Quando Anilson preparava-se para sair, Sérgio chegou e anunciou o assalto. Em seguida, atirou no peito da vítima e fugiu com a moto. Policiais militares foram acionados, assim como uma unidade de resgate, que socorreu Anilson ao Hospital São Camilo, no mesmo município. Ele não resistiu aos ferimentos. 
 
DILIGÊNCIAS – O caso foi informado à Polícia Civil e as pistas davam conta de que Sérgio estaria escondido na zona norte de Sorocaba. Como a área pertence ao atendimento do 8º DP, os investigadores fizeram as buscas para encontrar o paradeiro do acusado, que estava com um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. 
 
Na tarde de quarta-feira, os agentes encontraram o criminoso na Avenida Martinez Pin, no Parque Vitória Régia, por volta das 18 horas. Ele chegava em casa, na companhia do cunhado, Panagiotis Nascimento Dinitriou, de 18, e do amigo, W.L.P.S.P., de 25. 
 
No imóvel foram encontrados diversos aparelhos eletrônicos, com suspeita de terem sido roubados. Os indivíduos, à princípio, não falaram nada sobre a origem dos objetos. Vasculhando mais detalhadamente o imóvel, os policiais encontraram um pendrive, com o currículo de uma moça. Após pesquisarem seu nome, os investigadores descobriram que a jovem fora vítima dos rapazes e que os aparelhos eletrônicos eram de sua propriedade. Eles, então, confessaram o roubo e disseram, inclusive, que W.L.P.S.P. teria participado da ação. 
 
Conforme o levantamento do boletim de ocorrência, o roubo ocorreu em setembro deste ano, quando a vítima chegava com seu Fox prata em casa, no Jardim São Camilo, em Itu. Armados, os bandidos renderam-na, pegaram os aparelhos e fugiram com o carro. O veículo foi encontrado no mesmo mês, na lagoa conhecida como “Prainha”, no Parque Vitória Régia, próximo à casa de Sérgio. 
 
Sérgio de Alcântara já tinha passagens por roubo e receptação e responderá, desta vez, aos crimes de latrocínio e roubo. Panagiotis, que possui antecedentes por tráfico de drogas, receptação e roubo, foi indiciado novamente por roubo. Os dois foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba. W.L.P.S.P. também foi preso. Como ele negou o envolvimento na subtração dos aparelhos eletrônicos, segue como averiguado da polícia. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar