Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Chácara no Jardim São Carlos abrigará crianças de CEI interditado no Divino Paço ainda aguarda laudo técnico que apontará causas de problemas estruturais em prédio recém-concluido no Jardom São Paulo

Publicada em 11/09/2015 às 02:09
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Secom/PMS
A Prefeitura iniciou nesta semana os trabalhos de adaptação de uma chácara alugada no Jardim São Carlos para abrigar provisoriamente 242 crianças que eram atendidas na unidade 2 do Centro de Educação Infantil "Dona Zizi de Almeida" (CEI 3), no Jardim São Paulo, que apresentou problemas estruturais e foi interditada. Segundo a Secretaria da Educação do Município, a previsão, caso não haja imprevistos, é de que o imóvel esteja apto a receber as crianças ainda neste mês.
 
A nova sede do CEI 3 será na rua Elias Rodrigues Claro, 474. Brinquedos do playground e móveis começaram a chegar ao imóvel na quarta-feira (9), provenientes da Unidade 2 do CEI 3 e do almoxarifado da Prefeitura, que fica no bairro da Barcelona. Ontem (10), começou o processo de limpeza do local, que tem 800 metros quadrados de área construída, num terreno de 2 mil. O serviço deve durar cerca de uma semana, sendo executado por equipe da Secretaria de Serviços Públicos, incluindo poda dos jardins.
 
Depois terão início as obras físicas, conforme projeto desenvolvido pela Secretaria de Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Obras, e demais adaptações para receber os alunos, além de pintura das instalações. "Não precisaremos mexer na estrutura. A intervenção mais drástica envolve transformar uma lavanderia em banheiro e adaptar os demais. A casa está muito bem conservada, com telhado, redes elétricas e hidráulicas em boas condições", aponta a diretora de Área de Gestão Educacional e Administração da Secretaria de Educação do Município, Edineia Maria Facci dos Santos. 
 
A ÁREA - A área construída que abrigará provisoriamente a Unidade é dividida em duas partes: uma casa principal e um anexo. A primeira vai abrigar diretoria e secretaria, além de duas classes de berçário e três de Creche 1. A segunda, com dois pavimentos, tem cômodos que abrigarão mais cinco salas, mas para crianças matriculadas em turmas de Creche 2 e 3. No quintal, ainda há quadra e piscina cercada. "Vamos reforçar o isolamento da piscina e ver a possibilidade de cobri-la. Também vamos instalar redes de segurança no andar superior do anexo", explica Edneia.
 
Parte da garagem do imóvel será transformada numa classe, enquanto que a varanda que dá acesso ao jardim está reservada para ser o refeitório. A casa já tem rede de videomonitoramento, que será ativada. "Vamos providenciar, agora, a instalação de rede de Internet e de telefonia. O interessante é que esse imóvel já abrigou uma escola e depois foi sede de um grupo de vigilância", acrescentou a professora. O valor do aluguel é de R$ 10 mil ao mês e oo contrato, assinado no dia 25 de agosto, é por um prazo de dois anos.
 
A professora Andreia Alves da Silva será a diretora dessa pré-escola e vai acompanhar o andamento das adaptações no imóvel, que incluem ainda a instalação de bebedouros, toldos e cortinas. "A ansiedade é grande para iniciar logo as aulas neste novo endereço. Reunir todos os professores, funcionários e os alunos novamente", destaca a educadora. 
 
A chácara alugada fica a 2,5 quilômetros da Unidade 1 do CEI 3, que funciona na avenida Luiz Mendes de Almeida, 734, praticamente a mesma distância em relação ao prédio que apresentou problemas (Unidade 2), na rua Capitão Pedro Tavares, 280 (ver box). O atendimento às 232 crianças de pré-escola matriculadas na Unidade 1 do CEI 3 continuarão normalmente nessa unidade.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar