Segunda-Feira, 30 de Março de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Cardozo diz que presídios são 'escolas de crime'

Publicada em 17/06/2015 às 02:06
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse ontem que o governo da presidente Dilma Rousseff defende a ampliação da pena para menores de idade que cometerem alguns tipos de crime, além de punição mais rígida para maiores de idade que aliciarem crianças e adolescentes para práticas criminosas. O texto defendido pelo governo é o relatório do senador José Pimentel (PT-CE) sobre proposta apresentada pelo senador tucano José Serra (SP). Ao criticar a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos em audiência na Câmara dos Deputados, ontem de manhã, Cardozo referiu-se às unidades prisionais brasileiras como escolas de crime.
 
Pelo texto de Pimentel, que, segundo Cardozo, foi apresentado na noite de segunda-feira (15), o período de internação passa de três para oito anos em casos de crimes hediondos praticados com violência ou grave ameaça. A proposta é semelhante àquela apresentada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). O texto de Serra defendia a ampliação do tempo de internação para dez anos. Em sua fala, Cardozo não detalhou a proposta de agravar a pena de adultos que aliciam menores de idade. No Congresso, já existe uma proposta do senador Aécio Neves (PSDB-MG) que triplica a pena para o maior de idade que induzir ou acompanhar menor de idade que cometer crime. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar